Planos com até 30% de desconto

EnglishPortuguese

Como vender pela Internet Online O Guia passo a passo

Tempo de leitura estimado: 16 minutos

Em uma era cada vez mais digital, é muito raro as pessoas com um produto físico ou presença nas ruas não aproveitarem os muitos canais que permitem vender on-line. A venda de um produto on-line permite alcançar um público maior e novos bolsos de clientes, com estatísticas mostrando que mais de 2,14 bilhões de pessoas terão comprado bens e serviços on-line até 2024. Além disso, as vendas de varejo eletrônico representaram 14,1% de todas as vendas de varejo no mundo inteiro. em 2019, e esses números devem chegar a 22% até 2023.

Se o comércio eletrônico é uma área que você nunca explorou, tentar pegar o jeito dele pode parecer um pouco esmagador, no entanto, há muitos benefícios a serem colhidos.

Talvez você tenha começado com uma loja local, mas deseja atingir um público muito maior. Ou você já tem uma presença on-line, mas deseja explorar outras plataformas nas quais seu produto possa ser visto.

Seja você autodidata, iniciante ou curioso, este guia fornecerá uma visão abrangente de onde e como vender seus produtos on-line. Portanto, fique atento, porque no artigo abaixo abordaremos:

  • A diferença entre soluções hospedadas e auto-hospedadas;
  • Revisões das plataformas de comércio eletrônico mais hospedadas;
  • Revisões das melhores plataformas auto-hospedadas;
  • Revisões dos melhores mercados online;
  • Liste um breve glossário de comércio eletrônico;
  • Liste as vitrines e os carrinhos de compras mais bem hospedados;
  • Listar os melhores sites de leilão e mercados em geral;
  • Listar sites de anúncios classificados gratuitos.

Mas, antes de tudo, vamos dar algumas respostas rápidas para as 2 perguntas mais importantes que a maioria dos leitores tem:

É rentável vender online?

Sim. As estatísticas mostram que em 2020 haverá mais de 2,05 bilhões de compradores digitais em todo o mundo .

Onde posso vender minhas coisas online gratuitamente?

Quando se trata de vender produtos on-line gratuitamente, o número de opções é limitado. As plataformas gratuitas mais populares são Olx e Mercado livre. No entanto, eles têm uma audiência limitada e há um limite para o quanto você pode crescer lá como vendedor on-line. Se você gosta muito, consideremos algumas opções que permitirão criar e administrar uma loja de comércio eletrônico completa.

Onde e como vender seu produto on-line?

Em primeiro lugar, não faltam sites para vender itens online. A dificuldade é escolher os que mais se adequam à sua marca e aprimorarão a oferta que você pode ou não ter. Ao escolher uma presença em uma loja física, seu primeiro pensamento seria encontrar o melhor local para atrair clientes em potencial. O mesmo se aplica à venda on-line, e isso requer uma quantidade razoável de pesquisas. Imediatamente, nossa primeira recomendação seria o Shopify. Aqui está um dos níveis de nível superior a serem considerados antes de começar a analisar as muitas plataformas disponíveis para venda on-line:

Soluções de comércio eletrônico hospedadas versus auto-hospedadas

Qual é a diferença entre plataformas de comércio eletrônico hospedadas e auto-hospedadas?

Vamos começar dizendo que, se você deseja configurar um site completo no qual as pessoas possam ver seus produtos e seus produtos apenas (em oposição a um mercado como Amazon ou eBay), precisará escolher entre um host ou plataforma de comércio eletrônico auto-hospedada. Para ajudar você a fazer essa escolha importante e ver a diferença entre os dois, decidimos listar as vantagens e desvantagens dessas duas opções de hospedagem.

Plataformas hospedadas

Uma analogia comum usada para entender a diferença entre soluções de comércio eletrônico auto-hospedadas e hospedadas é a diferença entre comprar e alugar uma casa. Quando você aluga uma casa (hospedada), você está vinculado aos desejos do proprietário. Você pode morar lá, mas provavelmente não pode pintar ou fazer alterações físicas na aparência da propriedade. Se o proprietário decidir vender ou alterar a propriedade, você poderá perder o acesso ou ser forçado a sair. Os benefícios de alugar uma casa, no entanto, são que você pode testar a água antes de decidir comprar e pode mudar de casa com um mínimo de barulho ou custo.

Plataformas auto-hospedadas

Em comparação, sua própria casa (auto-hospedada) significa que você tem a liberdade e o benefício de escolher exatamente como deseja que sua casa seja, onde fica e com que rapidez deseja ampliar ou desenvolver o que possui. No entanto, ter sua própria casa também é caro e significa que você é responsável por fazer melhorias e consertar qualquer coisa que quebre.

Para hospedagem automática em plataformas como WooCommerce e Magento , você executaria o software em sua própria plataforma ou máquina (por exemplo, no WordPress). Isso oferece muito mais espaço para personalização e permite que você ou alguém contratado faça alterações na aparência da sua loja on-line. A desvantagem é que, se você não tem experiência com código, isso pode ser difícil e / ou caro de gerenciar e entender.

Plataformas de comércio eletrônico hospedadas na nuvem

Agora que você entende a diferença entre as soluções de comércio eletrônico hospedadas e auto-hospedadas, vamos comparar algumas das melhores plataformas auto-hospedadas e hospedadas atualmente disponíveis.

Revisão do Shopify

O Shopify, talvez a melhor plataforma para vender on-line, é uma empresa de comércio canadense que supostamente tem mais de 120.000 comerciantes e comerciantes que o utilizam em suas lojas on-line. A plataforma Shopify torna bastante simples a criação de uma loja online profissional, com uma grande variedade de designs para escolher e uma forte infraestrutura técnica para sua construção.

Agora, vamos examinar alguns dos parâmetros que ajudarão você a determinar exatamente o que o Shopify tem a oferecer e se ele se adequa ao seu negócio.

 

Como vender pela Internet Online

Saiba mais sobre os planos e preços Clicando Aqui você pode estar personalizando seu plano dentro da "pagina de planos" em seguida você já pode gerar o boleto para pagamento e iniciaremos os trabalhos.

 

Modelos e design do Shopify

O Shopify facilita a seleção e a instalação de um tema que determina a aparência da sua loja online. A maioria dos temas é responsiva a dispositivos móveis, o que significa que sua loja ajustará seu tamanho e forma, dependendo se o usuário os estiver visualizando em um computador móvel, tablet ou desktop. Isso garante que eles tenham uma ótima experiência com sua loja e possam comprar produtos, independentemente do dispositivo usado para visualizá-los.

1586021094 5156 Front With Shopify1 1024x466 1

Preços do Shopify

O pacote básico do Shopify começa em US $ 29 (existe um plano de níveis mais baixos que esse, mas não oferece a opção de criar uma loja on-line completa, apenas uma página ou botão do Facebook). Isso permite que você instale uma loja completa e funcione com suporte ilimitado; no entanto, muitos dos recursos básicos que você pode precisar para administrar sua loja são cobrados como complementos do custo.

Shopify SEO

O Shopify oferece uma capacidade decente de otimização de SEO, o que ajuda a aumentar o tráfego na sua loja. Isso inclui ter rich snippets (o texto que aparece no site quando você pesquisa no Google) e otimizar a velocidade e a capacidade de resposta (ambos os aspectos que o Google leva em consideração ao decidir se deve ou não exibir sua página).

Eles também oferecem acesso à página do Twitter e à campanha de marketing das ‘Escolhas do Shopify’, que é um fluxo de produtos diário projetado para ajudar as empresas alimentadas pelo Shopify a vender produtos on-line para quase 267.000 de seus seguidores .

Suporte do Shopify

O Shopify oferece um forte nível de suporte a seus clientes, por e-mail, telefone e bate-papo ao vivo, além de fóruns e ferramentas como a ‘Ecommerce University’, que permite aos iniciantes aprenderem as cordas mais facilmente. A equipe de suporte da Shopify está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana, via chat e telefone somente em inglês. No entanto, eles oferecem suporte por email em 20 idiomas.

Segurança do Shopify

O Shopify processa todas as transações e detalhes do cartão de crédito do cliente com criptografia SSL de 256 bits e também é compatível com PCI nível 1. Isso significa que os clientes podem comprar com você com segurança, sem ter que se preocupar com quem está obtendo acesso aos seus detalhes. Ele também faz o backup do seu site automaticamente, garantindo que nada seja perdido no caso de uma falha técnica.

App móvel da Shopify e leitor de cartão de crédito

Além de uma forte retenção de produtos on-line, o Shopify também oferece uma versão off-line com um leitor de cartão de crédito no ponto de venda que se conecta ao telefone, permitindo que você faça vendas onde estiver. Isso pode ser emparelhado com um scanner de código de barras e impressora de recibos, quando necessário. O aplicativo móvel Shopify também permite rastrear pedidos e gerenciar inventário, garantindo que você não esteja vinculado a um escritório para gerenciar sua loja.

Os profissionais do Shopify:

  • O Shopify possui uma interface intuitiva e fácil de usar.
  • O Shopify apresenta uma boa variedade de temas gratuitos e bem projetados.
  • Os temas do Shopify são responsivos a dispositivos móveis.
  • O Shopify oferece aos clientes ótimas ferramentas de marketing, como cupons de desconto, cartões-presente e email marketing direcionado.
  • O Shopify se integra a mais de 100 fugas de pagamento de terceiros.
  • Os clientes podem vender produtos ilimitados em sua loja Shopify.
  • Ótimo suporte ao cliente disponível via chat ao vivo, telefone e e-mail 24/7.
  • Todos os planos do Shopify incluem um certificado SSL.
  • Todos os planos do Shopify incluem análise de fraude.
Leitura adicional:  Fidelizar Clientes: Passo a passo e dicas INFALÍVEIS.

Os contras do uso do Shopify:

  • O Shopify não permite que você baixe seus dados para movê-los para outro sistema; portanto, você perderia tudo o que construiu – não o ideal.
  • O Shopify não se integra ao aplicativo Mailchimp.
  • Relatórios profissionais não estão disponíveis para o plano básico.

Melhor para: Pequenas empresas que precisam apenas de um conjunto de recursos e um tema bem projetado para começar a vender on-line.

 

As melhores plataformas de comércio eletrônico auto-hospedadas

Você já aprendeu as diferenças entre as plataformas de comércio eletrônico hospedadas e auto-hospedadas e passou por nossas análises detalhadas das duas melhores plataformas de comércio eletrônico hospedadas – Shopify e BigCommerce.

Agora vamos comparar as melhores soluções auto-hospedadas, para que você possa decidir se elas se encaixam melhor no seu negócio do que nas plataformas hospedadas.

Revisão do WooCommerce

O WooCommerce é relativamente novo no mercado de comércio eletrônico, mas é popular devido à sua fácil integração com o sistema de gerenciamento de conteúdo do blog WordPress, com o qual você já deve estar familiarizado. De acordo com a página inicial do canal, eles agora administram 28% de todos os sites de comércio eletrônico, o que é bastante impressionante para uma plataforma para iniciantes!

1586021094 8932 Ecommerce Platform1 1024x477 1

Modelos e design de WooCommerce

O WooCommerce funciona perfeitamente com um grande número de temas, incluindo todos os Temas padrão do WordPress, e oferece temas gratuitos também. Há também uma variedade de temas responsivos a dispositivos móveis, alguns deles com vários estilos de menu dedicados para telefones celulares.

Preços do WooCommerce

O WooCommerce é uma plataforma de código aberto, o que significa que é gratuito para download. A plataforma também não cobra taxas de transação. No entanto, isso não significa que você pode configurar uma loja WooCommerce e vender on-line de forma totalmente gratuita. Para a manutenção da sua loja online, você precisará encontrar uma boa solução de hospedagem para o seu site WordPress. Além disso, para tornar sua loja on-line completamente funcional, você precisará comprar complementos e extensões.

WooCommerce SEO

Como já mencionamos, o WooCommerce é um plugin do WordPress que se integra perfeitamente ao Editor do WordPress. Ao usar o Editor do WordPress, os iniciantes podem otimizar facilmente suas páginas de produtos editando URLs, meta descrições, tags alt e slugs de produtos. Os usuários também podem instalar vários plug-ins para rastrear dados, incluindo os plug-ins de SEO do WooCommerce para otimização de lojas, como Yoast, Pacote de SEO All in One e Rich Snippets All in One.

Suporte para WooCommerce

O WooCommerce é uma plataforma de código aberto, por isso não possui um centro de suporte ao cliente típico. No entanto, eles têm uma extensa página de perguntas frequentes em seu site, onde cobrem todos os tipos de tópicos – de “O que é o WordPress?” para “Como personalizo meu tema WOO?”.

Clientes com perguntas técnicas podem enviar um tíquete de suporte. Além disso, os clientes também podem consultar o fórum de suporte do Woocommerce no WordPress, onde podem encontrar mais de 1400 páginas com perguntas sobre problemas técnicos do WooCommerce.

Segurança WooCommerce

O WooCommerce é uma plataforma de código aberto e auto-hospedada, portanto as medidas de segurança não são tão rígidas quanto as das plataformas hospedadas e dependem em grande parte das precauções que os próprios clientes tomam.

No entanto, o WooCommerce vem com recursos de segurança integrados e gateways de pagamento de terceiros que conseguem manter baixos os riscos de fraude. É recomendável que os clientes comprem um certificado SSL e encontrem um bom host da web para minimizar ao máximo os riscos.

Aplicativo móvel WooCommerce

O WooCommerce possui aplicativos móveis para Android e iOS. Com os aplicativos móveis do WooCommerce, os clientes podem verificar suas lojas em movimento e gerenciar pedidos, verificar estatísticas do site e receber notificações de vendas.

Os profissionais do uso do WooCommerce:

  • O WooCommerce é um plugin de comércio eletrônico de código aberto que pode ser baixado no WordPress, tornando-o muito mais econômico do que algumas outras opções.
  • O WooCommerce é um aplicativo leve que não requer grande espaço no servidor.
  • O WooCommerce é amigável e intuitivo.
  • O WooCommerce oferece uma grande variedade de temas responsivos bem projetados e móveis .
  • O WooCommerce possui ótimas integrações com códigos de cupom e email marketing, permitindo que você estenda facilmente o alcance da sua loja além do canal.

1586021095 2848 Porter And York1 1024x449 1

Os contras do uso do WooCommerce:

  • Não são tantos os recursos como algumas outras plataformas de vendas on-line, tornando-o mais adequado para empresas menores que não procuram crescimento ou escala extensivos.
  • A integração com o WordPress, embora benéfica de várias maneiras, significa que você está vinculado a este CMS para usá-lo.
  • Suporte limitado ao cliente.

Melhor para : aqueles que já estão familiarizados com o WordPress ou desejam usá-lo para criar seu site e loja online. Uma opção de baixo custo para pequenas e médias empresas, mas não para quem quer crescer em grande escala.

Revisão Magento

O Magento é sem dúvida a plataforma líder em soluções de comércio eletrônico auto-hospedado e foi adquirido pelo eBay em 2011, que mostra o sucesso que teve no mundo on-line.

1586021094 7455 Ecommerce Platform1 1024x476 1

Modelos e design de Magento

O Magento não vende temas, no entanto, os clientes sempre podem encontrar boas opções no Magento Marketplace, onde a plataforma destaca alguns temas bem projetados de outras empresas. Encontrar um tema adequado para o Magento pode ser confuso para iniciantes, pois requer experiência com PHP e algum conhecimento de codificação.

Preços Magento

Magento é uma plataforma de código aberto, o que significa que os usuários podem baixá-lo gratuitamente. No entanto, os clientes precisarão pagar por hospedagem na web, processamento de pagamento e nome de domínio. Além disso, eles precisarão adquirir um certificado SSL e a funcionalidade de processamento de pagamento.

Magento SEO

O Magento permite aos clientes adicionar metadados para produtos, páginas de conteúdo e categorias e personalizar URLs. O Magento integra-se ao Google Site Map e a várias extensões populares de SEO, incluindo SEO Toolkit, Advanced SEO Suit e SEO Suite Ultimate.

Suporte Magento

Magento é uma solução de código aberto, que geralmente significa que é limitada quando se trata de suporte ao cliente. Não há suporte por telefone, chat ao vivo ou e-mail disponível para clientes, o que pode ser complicado, pois o uso do Magento requer algum conhecimento básico de código. Os clientes precisarão encontrar seu caminho para solucionar problemas técnicos apenas usando o blog do Magento .

Segurança Magento

Magento é uma solução auto-hospedada que exige que os clientes assumam a segurança de seu site. Para minimizar os riscos, os clientes precisarão adquirir um certificado SSL e garantir que seu site seja compatível com PCI.

Aplicativo móvel Magento

Magento possui aplicativos móveis para Android e iOS. Os clientes também podem verificar o Mobile App Builder do Magento, que possui uma avaliação gratuita de 30 dias.

Os profissionais do Magento:

  • O painel de administração é fácil de usar e intuitivo.
  • O Magneto é escalável – e deveria ser, com clientes como a Samsung usando sua plataforma. Isso permite que você comece com o tamanho que desejar, sabendo que terá o potencial de escalar e crescer posteriormente.
  • Muitos problemas comuns em sistemas complexos de comércio eletrônico não são um problema no Magento e há um crescente banco de dados de desenvolvedores e usuários talentosos familiarizados com a plataforma.
  • Oferece recursos avançados de otimização de mecanismo de busca (SEO), que podem ajudar a atrair tráfego orgânico e clientes, como forma de promoção.

1586021097 5232 Made With Magento1 1024x608 1

Os contras do uso do Magento:

  • Apesar de existir um grande conjunto de talentos de desenvolvedores fluentes em Magneto, o desenvolvimento personalizado ou a solução de problemas ainda podem ser caros, devido à complexidade do sistema.
  • O Magento ainda oferece opções de hospedagem compartilhada, mas se você decidir escalar sua loja no futuro, provavelmente precisará de seu próprio servidor dedicado, que pode ser caro!
  • Pode ser desajeitado e de carregamento lento, se você não puder investir em seu próprio servidor dedicado.

Melhor para: Esta é uma plataforma bem estabelecida para quem procura investir em sua loja on-line por um longo tempo ou, eventualmente, expandir para a próxima Amazônia. Com tudo o que você precisa para dimensionar e modificar, ele pode criar um local exclusivo e bem lubrificado para vender seus produtos on-line.

aplicativo móvel osCommerce

o osCommerce não possui aplicativos móveis, o que é uma grande desvantagem do uso dessa plataforma.

Os profissionais do uso do osCommerce:

  • Simples de usar e com um sistema detalhado de gerenciamento de catálogos.
  • Uma grande base de suporte e fórum que é útil para solucionar problemas ou explorar novos recursos.
  • o osCommerce pode ser expandido muito além de seus recursos básicos, com mais de 7.000 plugins que oferecem recursos adicionais para você escolher.
  • Também é leve e não ocupa muito espaço ou custo em um servidor.

1586021097 8089 Hbbc1 1024x498 1

Os contras do uso do osCommerce:

  • o osCommerce pode ser propenso a bugs, especialmente se você ou um desenvolvedor tiver feito moderações fora da norma.
  • Como uma plataforma criada para usuários menores, isso não é tão fácil de escalar quanto outras plataformas e pode causar problemas técnicos mais adiante.
  • o osCommerce não apresenta um aplicativo móvel.

Melhor para : aqueles que desejam se familiarizar com uma pequena loja, talvez pela primeira vez, que não precisará ser dimensionada posteriormente.

Outros softwares de comércio eletrônico auto-hospedados incluem OpenCart , PrestaShop e X-Cart.

Leitura adicional:  Missão Visão e Valores de uma Empresa Guia Definitivo

Venda através de mercados online

Você sabia que 58% de todas as vendas globais em 2019 foram operadas por mercados como Amazon e eBay? E com mais de 2,03 trilhões de libras gastos em mercados on-line em 2019, fica claro que o crescimento das vendas de comércio eletrônico do mercado não está nem perto de parar.

1586021094 1846 Online Marketplaces Stats1

Além de sua própria loja de sites hospedados e não hospedados, também há a opção de um mercado online. Os mercados são uma boa opção se o seu interesse é vender apenas produtos on-line, em vez de iniciar um negócio ou desenvolver uma marca bem conhecida. Isso ocorre porque mercados como Amazon, Etsy e eBay permitem que você adicione rapidamente um catálogo e comece a vender produtos on-line a baixo custo, com o mínimo de suporte ou conhecimento prévio necessário. Eles também oferecem acesso a seu amplo banco de dados de pesquisa e fluxo de clientes, oferecendo um comércio estável sem que você gaste tempo ou dinheiro comercializando seus produtos.

 

Mercados de nicho

A diferença entre os nichos de mercado é o custo de venda, que geralmente é muito maior do que as lojas on-line mais estabelecidas e também o processo de seleção para aprovar sua oferta. Com acesso a uma base de clientes tão grande e direcionada, esses sites desejam manter sua autoridade com esse público e, portanto, frequentemente fazem você aplicar ou aderir a um processo de seleção rigoroso antes mesmo de começar a ter uma chance de vender.

Quando se trata de vender seu produto on-line, as opções são infinitas. O detalhe real é fazer uma escolha que combina com você, sua oferta e seu cliente e, em seguida, construí-la do zero em uma loja on-line que você terá orgulho de chamar de sua.

10 fachadas e carrinhos de compras fáceis e hospedados

As fachadas das lojas hospedadas são uma maneira fácil de configurar sua própria loja na Web e uma boa opção para vendedores pequenos ou individuais que não estão prontos para investir em um site de comércio eletrônico grande. As fachadas de lojas – um serviço gerenciado – facilitam a criação e o gerenciamento de uma loja, porque você não precisa de nenhum HTML ou habilidades de programação e pode personalizar as fachadas de acordo com suas necessidades de negócios.

Portanto, se você ainda não está pronto para se comprometer com uma plataforma de comércio eletrônico, aqui está uma lista dos 10 principais favoritos.

  1. Shopify . Esse serviço hospedado permite que os vendedores aceitem pagamentos com cartão de crédito, usem seu próprio domínio e personalizem o design da loja. Ele também possui análises integradas que ajudam os vendedores a acompanhar o progresso.
  2. BigCommerce . Uma solução de loja que permite criar sua própria loja virtual – além de poder vender no Facebook e eBay com o BigCommerce. Recursos extras incluem varejo multicanal, comércio móvel, SEO e venda fácil.
  3. E-Junkie . Um carrinho de compras e um sistema de entrega digital para editores que desejam incluir botões de compra agora para vender produtos digitais. Você armazena os arquivos nos servidores da E-Junkie e os compradores recebem um email com instruções para baixar o produto após fazer uma compra.
  4. A GoEmerchant  é um provedor de processamento de pagamentos que permite aos clientes criar uma loja on-line e gerenciar pagamentos com cartão de crédito.
  5. O Shopaccino  é uma plataforma de comércio eletrônico que permite que os empresários criem lojas on-line totalmente funcionais. Shopaccino oferece temas bem projetados e responsivos, remessa internacional e hospedagem na nuvem.
  6. O Miva Merchant oferece hospedagem de comércio eletrônico completa e tudo o que você precisa para iniciar uma loja online – tudo em um único pacote. Você pode atualizar as contas à medida que sua empresa cresce.
  7. O Ecwid  é uma solução popular de carrinho de compras usada pormais de 1 milhão de vendedores em 175 países . O Ecwid integra-se a mais de 40 gateways de pagamento e pode ser facilmente adicionado a várias plataformas, incluindo Facebook, Instagram, Weebly e WordPress.
  8. 3dcart  é um software de comércio eletrônico que permite aos clientes criar e gerenciar lojas online. Uma assinatura básica do 3dcart começa em US $ 9,50 por mês.
  9. X-cart  é um software de carrinho de compras PHP que fornece mais de 38.000 lojas online em mais de 110 países ao redor do mundo.
  10. Volusão . Uma solução de comércio eletrônico tudo-em-um que permite projetar e gerenciar sua loja virtual; além disso, fornece ferramentas para marketing, merchandising e CRM.

4 sites de leilão on-line e mercados em geral

  1. Alameda atômica . Um mercado on-line que apresenta listagens de preço fixo, faça uma oferta e lojas da Web.
  2. Bonanza . Os vendedores criam estandes de itens (semelhantes a uma loja virtual) e listam produtos a um preço fixo. Os compradores também podem enviar uma oferta para compra.
  3. eBay . O maior mercado online do mundo, com mais de 183 milhões de usuários ativos . No eBay, você pode listar itens em formato de leilão ou comprar agora e também pode gerenciar sua própria loja hospedada no eBay.
  4. Etsy . Um mercado on-line que oferece oficinas para itens artesanais e vintage e também suprimentos para a fabricação de itens artesanais.

 7 sites de anúncios classificados gratuitos

Sites locais gratuitos de anúncios classificados são uma boa opção para vender on-line para vendedores que possuem itens maiores e difíceis de transportar. A maioria das categorias gerais em sites classificados não cobra uma taxa para listar, mas categorias especiais (como serviços para adultos) geralmente são baseadas em taxas. Os sites de anúncios classificados não se responsabilizam pelas transações e você lida com os clientes locais pessoalmente para concluir uma venda.

  1. Gumtree é um site de anúncios gratuito britânico lançado em 2010. Gumtree recebe mais de1,3 milhão de visitantes mensais e está disponível em vários países, incluindo Estados Unidos, Austrália, Irlanda, Nova Zelândia, África do Sul, França e Hong Kong.
  2. Craigslist . Escolha um site de localização de cidades localizadas nos Estados Unidos, Canadá, Ásia, Américas, Europa e outras cidades internacionais. A maioria dos anúncios classificados no Craigslist não custa nada para colocar, mas algumas seções específicas para algumas cidades têm uma taxa, como anúncios de emprego, aluguel de apartamento mediado e serviços para adultos.
  3. O eBay Classifieds Group  é uma rede de sites classificados pertencentes ao eBay para países específicos, incluindo Estados Unidos, Canadá, China, Taiwan, Alemanha, Índia e outros.
  4. Facebook Marketplace . No Facebook, o Marketplace, que é operado pela Oodle, ajuda as pessoas a comprar e vender produtos on-line em um ambiente confiável (por exemplo, na sua rede de amigos).
  5. OLX . Um site de classificados online estabelecido disponível em mais de 50 países. Os anúncios são gratuitos, mas o site oferece opções pagas que aparecem na parte superior dos resultados de pesquisa.

Termos do glossário de comércio eletrônico

Em vez de uma conclusão, pensamos que também vale a pena se familiarizar com alguns termos-chave que aparecerão repetidamente quando você começar a olhar para o mundo das vendas on-line.

Aqui estão apenas alguns para você começar:

Comércio eletrônico – O comércio eletrônico, mais conhecido como ‘comércio eletrônico’, é a troca de produtos ou serviços usando uma rede ou plataforma on-line, como a Internet.

Pré -venda – venda de um produto ou serviço on-line, muitas vezes antes de ser lançado ou lançado em canais off-line, como uma loja. Isso é algo comum em produtos digitais, a fim de obter uma melhor noção do ajuste do mercado do produto, permitindo que ‘usuários iniciais’ ou clientes interessados ​​se inscrevam em um produto ou serviço antes que ele seja lançado.

Comércio social – um tipo de comércio eletrônico em que produtos ou serviços são vendidos diretamente por meio de canais de mídia social como Facebook, Pinterest ou Instagram. Isso está se tornando mais relevante, pois sites sociais como Pinterest e Twitter investem em seus recursos de comércio eletrônico.

Algoritmo – no comércio eletrônico e na computação em geral, um algoritmo é um programa gerado por computador usado para prever o comportamento do consumidor ou exibir produtos, serviços ou imagens específicos com base no que ele acha que o consumidor pode gostar. Isso é usado em plataformas como a Amazon, onde cada usuário vê uma página inicial diferente, impulsionada por seu comportamento e compras anteriores.

SEO – ‘ search engine optimization ‘ – o processo usado para ajudar o Google a reconhecer seu site e o que ele está vendendo, a fim de fornecer aos usuários as informações mais relevantes disponíveis. Isso envolve tudo, desde o conteúdo que você adiciona ao site, até o título e o nome usados ​​e os detalhes individuais inseridos para cada página ou produto.

Responsivo – Quando um site pode alterar seu tamanho e funcionalidade em resposta ao fato de um cliente estar usando seu celular, tablet, computador ou laptop para visualizá-lo. Os sites responsivos são importantes, pois melhoram a experiência do usuário, aumentam a probabilidade de compra e também são exibidos com mais frequência no Google.

Artigos relacionados:

Esse artigo te ajudou? Vote 5 estrelas e apareça nos comentários! =)