Landing Page: O que é Exemplos Como fazer uma Landing Page

Tempo de leitura estimado: 11 minutos

Converter visitantes em leads é o primeiro passo para criar um relacionamento entre sua empresa e um cliente em potencial e tudo o que você precisa saber sobre o que são landing page e como elas funcionam está aqui.

O que é uma Landing Page?

Uma Landing Page é uma página do seu site projetada para converter visitantes em leads. É diferente de outras páginas do seu site, pois segue os dois critérios a seguir:

  1. Ele possui um formulário que permite capturar as informações de um visitante em troca de uma oferta desejada.
  2. O único objetivo da Landing Page é converter visitantes em leads.

Simplificando, uma página de destino é qualquer página que tenha um formulário e não inclua outras distrações; veja um exemplo:

Landing PageComo criar uma Landing Page?

Existem diversas formas. A mais usual é você fazer por dentro do wordpress. Existem ótimos construtores de páginas (Page Builder) que você instala no wordpress e de forma muito fácil você constrói lindas páginas.

Os mais usados para WordPress são o Divi e o Elementor. Eles são plugins e themes ótimos para você criar Landing Pages de alta performance. Através do Divi você consegue inclusive fazer testes A/B, fundamental para você saber quais Landing Pages funcionam melhor na sua estratégia.

Como funcionam uma página de destino?

  1. Uma pessoa vê uma ordem de ação e acaba em uma página de destino com um formulário.
  2. A pessoa preenche um formulário, que os converte de visitante em lead.
  3. As informações dos campos do formulário são armazenadas no banco de dados de leads.
  4. Você comercializa o contato ou o lead com base no que sabe sobre eles.

Ao contrário das páginas da web, que normalmente têm muitos objetivos e incentivam a exploração, as landings pages são projetadas com um único foco ou objetivo , conhecido como call to action (ou CTA, abreviado).

É esse foco que torna as landings pages a melhor opção para aumentar as taxas de conversão de suas campanhas de marketing e reduzir o custo de aquisição de um lead ou venda.

Aqui é onde as landings pages podem se encaixar no seu funil de marketing:

O Que E Landing Page

Como você pode ver, a página de destino existe depois que as perspectivas na parte superior do funil clicam em um link em um anúncio, email ou em qualquer outro lugar na web. É onde a conversão (como uma compra, inscrição ou registro) ocorrerá.

A principal diferença entre uma página inicial e uma landings pages

Abaixo, temos uma página inicial e uma página de destino dispostas lado a lado. Veja como a página inicial possui vários links e a página de destino possui apenas um ? Isso é bem típico.

Landingpage
Embora a página inicial tenha dezenas de possíveis distrações – você pode basicamente chamá-las de “vazamentos” em vez de links – a página de destino é super focada. Ter menos links na sua página de destino aumenta as conversões , pois há menos cliques tentadores que afastam os visitantes da chamada à ação. É por isso que profissionais de marketing especializados sempre usam uma página de destino dedicada como destino do tráfego.Claro, a página inicial parece incrível. Ele mostra a marca, permite que as pessoas explorem uma gama de produtos e oferece informações adicionais sobre a empresa e seus valores. A partir daqui, um visitante pode ir a qualquer lugar – se candidatar a um emprego, ler alguns press releases, revisar os termos de serviço, publicar nos fóruns da comunidade etc.Mas eles não necessariamente fazem uma compra. E esse é o ponto.A página de destino desse cliente tem uma finalidade completamente diferente. Emparelhado com anúncios super lisos que promovem uma única oferta, tudo nele trabalha duro para transformar esses visitantes em clientes . Está fazendo um trabalho melhor para converter o tráfego que a marca já está recebendo. Esse é o poder das landings pages!

O processo de conversão

Embora a página de destino seja o principal componente do processo de conversão, existem vários recursos que trabalham juntos para tornar sua conversão bem-sucedida.

Chamadas à ação (CTAs): um CTA é uma imagem ou linha de texto que solicita que seus visitantes concluam uma ação específica. Nas landings pages, os CTAs informam ao visitante onde devem clicar para acessar a oferta. Os CTAs podem ser encontrados nas páginas do seu site em que o conteúdo se correlaciona com a sua oferta, bem como nas postagens relevantes do blog que suportam o conteúdo da sua oferta. Quanto mais o CTA ressoar com a página de destino e outras páginas em que está sendo promovido, maior a probabilidade de um visitante converter.

Página de destino: a própria página de destino é o formulário que o visitante preenche para acessar a oferta. Como mencionado anteriormente, seu único objetivo é explicar os benefícios de uma determinada oferta e incentivar os visitantes a se converterem em leads. Após o envio do formulário, o visitante deve ser redirecionado para uma página de agradecimento.

Página de agradecimento: Embora uma mensagem de agradecimento em linha esteja disponível na maioria das ferramentas, é recomendável que você forneça ao seu novo lead uma página de agradecimento dedicada. As páginas de agradecimento incluem um botão “baixar agora”, no qual novos leads podem clicar para obter o download que você ofereceu na página de destino. Além de hospedar a oferta, as páginas de agradecimento são uma excelente maneira de continuar o processo de conversão e mover a liderança pelo funil de marketing. Ofertas secundárias (estudos de caso, consultas, seminários on-line e muito mais) devem ser exibidas por meio de outro formulário ou CTAs específicos na página de agradecimento para incentivar o líder a seguir.

O que você precisa antes de criar uma página de destino

Antes de começar a construir a página de destino, você precisa ter certeza de ter realizado toda a pesquisa de fundo necessária para reuni-la de maneira eficaz.

Leitura adicional:  Marketing Digital para Médicos: 13 Dicas para atrair pacientes

Para fazer isso, certifique-se de cobrir o seguinte antes de começar a trabalhar na própria página de destino.

A (s) pessoa (s) do comprador

As personas dos compradores são representações semi-ficcionais de seus clientes ideais. Eles podem ser baseados em pesquisas de mercado e dados atuais de clientes. Quando bem executados, eles podem fornecer informações claras sobre o comportamento de seus clientes e como eles pensam, o que permitirá que você desenvolva o conteúdo mais valioso possível para eles.

Quando você cria sua página de destino, é importante direcioná-la para apenas uma de suas personas (se você tiver mais de uma). Se você tentar adaptar o conteúdo da sua página de destino para várias personas, isso inevitavelmente não ressoará com todas elas e diminuirá as chances de conversão. Quando você segmenta uma pessoa, seus esforços serão muito mais concentrados e aumentarão suas chances de conversão. É melhor ser nicho e focado do que tentar apelar para as massas nessa situação.

A oferta

Uma oferta é algo criado para agregar valor aos visitantes do site de uma organização, além dos produtos ou serviços que a organização vende. A oferta pode ser um e-book gratuito, webinar, folha de dicas, guia de comparação ou qualquer outra coisa que possa ser baixada e informativa sobre o setor em que você se encontra. Ela deve ser acompanhada de um ponto de dor específico que sua personalidade de comprador está enfrentando como bem como o estágio da jornada do comprador (explicado abaixo).

A Jornada do Comprador

A Jornada do cliente é o processo de pesquisa que um potencial comprador percorre até a compra. Ele pode ser dividido em três estágios diferentes: o estágio de conscientização, o estágio de consideração e o estágio de decisão. Diferentes tipos de conteúdo devem ser criados para cada estágio específico da jornada para ajudar as pessoas a passarem de um estágio para outro. Os detalhes de cada um estão detalhados abaixo:

  • Estágio de conscientização: um visitante no estágio de conscientização expressou sintomas de um possível problema ou oportunidade, mas não consegue identificar o que é esse problema. Uma pessoa nesse estágio está fazendo muita pesquisa para entender seus sintomas e definir o que os está causando. Peças de conteúdo para criar e direcionar pessoas nesse estágio incluem e-books, white papers e guias.
  • Estágio de consideração: no estágio de consideração, um cliente em potencial definiu claramente seu problema ou oportunidade e agora deseja entender o que pode fazer para resolvê-lo. Os tipos de conteúdo que você deve criar para as pessoas nesta etapa da jornada do comprador incluem documentos técnicos, webinars e vídeos de comparação.
  • Estágio de decisão (também conhecido como Estágio de intenção): nesse estágio do funil, o prospect conhece sua estratégia e abordagem de solução. Neste ponto, eles estão fazendo comparações de fornecedores e estão tentando restringir a lista de fornecedores a alguns poucos antes de fazer sua escolha final. Fornecer a eles estudos de caso, demonstrações e informações sobre produtos nesse estágio seria uma decisão sábia.

Construindo uma excelente página de destino

Depois de realizar a pesquisa em segundo plano, é hora de montar a página de destino. No entanto, existe uma receita especial (elaborada e aperfeiçoada por profissionais de marketing de entrada em todo o mundo) que você deve seguir para aumentar suas chances de conversão na página de destino.

Práticas recomendadas da página de destino

  • Crie um título atraente: você precisa desenvolver um título que prenda a atenção do visitante imediatamente e faça com que ele queira ler. É a primeira coisa que eles verão quando chegarem à sua página de destino e você não deseja que seja a última.
  • Transmitir o valor de sua oferta de forma eficiente: transmitir o valor de uma oferta de forma concisa e eficaz é crucial para o desenvolvimento da sua página de destino. Já ouviu falar do teste de piscada? O teste de piscada basicamente indica que você precisa transmitir sua mensagem e seu valor antes que o visitante tenha tempo de piscar – o que significa que você tem cerca de  3-5 segundos. Se você não fizer isso com êxito, corre o risco de perder essa conversão; normalmente leva apenas um “piscar” para alguém decidir se deseja permanecer na sua página de destino ou não.
  • Incluir marcadores: por qualquer motivo, nós, humanos, gostamos de misturar as coisas e temos um curto espaço de atenção para coisas como landings pages. Para manter seu leitor envolvido, evite escrever parágrafos longos em sua página de destino. Em vez disso, escreva um breve resumo da oferta e, abaixo do resumo, liste os pontos do que o visitante pode esperar ler baixando o material. A apresentação dessas informações como marcadores manterá o leitor envolvido e, ao mesmo tempo, fornecerá uma prévia do que está por vir, o que pode motivá-los a se converter.
  • Crie o formulário: ao criar o formulário para sua página de destino, lembre-se do número de campos de formulário que você está incluindo. O número de campos do formulário que você possui deve estar correlacionado com o estágio da jornada do comprador. Normalmente, para um artigo de conscientização, você deseja manter os formulários breves e obter informações básicas, como nome e endereço de email. Quanto mais baixo o funil do seu conteúdo, mais campos você deve considerar adicionar, pois os leads estão mais próximos da compra. Quando estiverem na fase de decisão, você precisará obter mais informações para ajudar o vendedor a entender melhor o contato, para que possa fechar melhor a venda.
  • Remover navegação do site: ao criar sua página de destino, você deseja remover qualquer oportunidade para o visitante sair da página. Ao remover a navegação do site da sua página de destino, você permite que o visitante se concentre apenas no conteúdo disponível, em vez de se distrair com outros links atraentes do site.
  • Inserir imagens: quem não ama uma boa imagem? Certifique-se de incluir uma imagem relevante e atraente em sua página de destino para atrair o visitante. É mais provável que as pessoas permaneçam em uma página se houver uma imagem cativante.
  • Adicionar ícones de compartilhamento em redes sociais: embora você deva remover toda a navegação da página de destino, é importante incluir ícones de compartilhamento em redes sociais para que as pessoas possam compartilhar a página de destino com outras pessoas em suas plataformas sociais. Ao fazer isso, no entanto, certifique-se de que, quando você clica no ícone, ele é aberto em uma nova guia ou janela. Você não deseja redirecionar as pessoas para fora da página, mas deseja oferecer a elas uma opção clara para promovê-la.
  • Forneça depoimentos quando relevantes: hoje em dia, as pessoas estão sempre analisando análises de produtos e serviços antes de fazer uma compra, e isso também se aplica às páginas de destino. Mas não inclua um depoimento que apenas esteja vagamente vinculado à sua oferta. Verifique se ele está diretamente relacionado ao que você está promovendo. Caso contrário, é melhor deixá-lo. O mesmo conselho vale para a colocação de prêmios e elogios em sua página.
  • Certifique-se de que suas instruções sobre os próximos passos sejam claras: um formulário em uma página de destino normalmente implica que você deve preenchê-lo, mas certifique-se de incluir uma cópia que sugere isso também na sua página de destino (normalmente perto do final da sua cópia). Isso pode ser algo tão simples como: “Para acessar o e-book, preencha o formulário à direita”. É simples, mas fornece instruções claras ao visitante sobre as próximas etapas, o que aumentará a probabilidade de conversão.
Leitura adicional:  38 Exemplo de Email de Vendas prontos para enviar

Dicas úteis

Abaixo estão alguns indicadores a serem considerados que podem fazer toda a diferença para sua página de destino:

  • Revisão: Queríamos que isso fosse um dado, mas infelizmente nem sempre é esse o caso. Você precisa parecer credível quando alguém visita sua página de destino. Se você misturar o deles e o de  , parece desleixado e pode impedir as pessoas de se converterem. Marque três vezes tudo na sua página de destino. Se você sabe que é ruim em editar, peça a alguém para fazer isso. É importante.
  • Objetivo de manter sua cópia acima da dobra: Embora essa não seja uma regra imprescindível, quanto mais longa a cópia na página de destino, menor a probabilidade de você conseguir manter a atenção de alguém. Procure ser conciso com sua mensagem e mantenha tudo acima da dobra.
  • Teste sua página de destino: Novamente, você acha que isso é um dado, certo? Não é. Depois de desenvolver um CTA vinculado à sua página de destino e uma página de agradecimento para a qual a página de destino é redirecionada, teste todo o processo. Clique no CTA, preencha o formulário e faça o download da oferta na página de agradecimento. Verifique se todas as etapas estão em vigor na perspectiva do usuário e confirme se suas informações de contato foram armazenadas no banco de dados para garantir que tudo esteja funcionando da perspectiva dos bastidores.

Dicas Promocionais

Seu trabalho não termina quando a página de destino é concluída. De fato, apenas começou. Você precisa que as pessoas visualizem sua página de destino . Caso contrário, qual era o sentido de criá-la? Abaixo estão as principais recomendações para promover sua página de destino.

  • CTAs: como mencionado anteriormente, os CTAs são uma ótima maneira de promover o conteúdo da página de destino. Lembre-se de que o CTA precisa ter ressonância com o conteúdo em que vive e com a página de destino. Quanto mais coesos esses ativos, maior a probabilidade de as pessoas se converterem. Coloque os CTAs nas páginas do site com muitas visitas relevantes à oferta e nas postagens do blog que oferecem suporte à oferta.
  • Email: o email é uma ótima maneira de promover sua página de destino. Envie um email promocional para uma lista segmentada, em vez de um banco de dados inteiro. Quanto mais segmentada a lista estiver em relação à sua página de destino, maiores serão as chances de as pessoas converterem. Não sinta que precisa reinventar a roda com isso; grande parte do conteúdo da página de destino pode ser redirecionada para e-mails.
  • Facebook e Instagram: como você provavelmente sabe, o social é uma ótima ferramenta para divulgar o seu conteúdo. No entanto, diga aos sábios: não promova em todas as plataformas, porque é isso que você pensa que deve fazer. Selecione as poucas plataformas em que você conhece suas personalidades e promova fortemente nessas plataformas. Não promova em uma página do Facebook apenas porque todo mundo está fazendo isso – pense se suas personalidades são usuários ávidos do Facebook. Caso contrário, você provavelmente deve procurar em outro lugar.

Analisando os resultados

Depois que sua campanha estiver em exibição e o tráfego estiver sendo direcionado para a página, é importante não apenas relaxar, relaxar e aproveitar o programa. Confira os resultados de suas landings pages com frequência, mas não excessivamente. Você deseja prestar atenção às tendências e eventos significativos que ocorrem durante um período de tempo, em vez de tráfego e conversão diários, que podem variar bastante e não fornecem muitos dados utilizáveis ​​e acionáveis.

A seguir, lembre-se de outras coisas ao analisar sua página de destino.

  • Pergunte a si mesmo: “Minha oferta continua apresentando bom desempenho mês a mês?” Se não, o que mudou?
  • Se você tem muitas ofertas diferentes com landings pages, compare-as e veja se consegue descobrir um padrão sobre o motivo pelo qual algumas estão tendo um desempenho melhor que outras.
  • Se você tem uma página de destino com um desempenho extremamente bom, promova esse conteúdo e veja se você pode obter um aumento nos contatos a partir disso.

Ao fazer alterações em suas landings pages (por exemplo, cópia, imagens, campos de formulário), certifique-se de alterar uma coisa de cada vez e testar por um tempo. Dessa forma, você pode identificar o que especificamente está afetando o desempenho e destacar isso. Se você alterar várias coisas ao mesmo tempo, não saberá quais alterações ou alterações afetaram a página de destino e não poderá aplicar esse conhecimento em futuras landings pages.

Deixe uma resposta