Marketing Digital para Bandas Melhores Estratégias

Tempo de leitura estimado: 12 minutos

Última atualização em 22/08/2020

Comece do zero uma carreira,

Separamos 5 dicas pra ajudar você a construir seu público, mesmo no início de um trabalho.

Vamos lá!

#1 – Se você não possui música, use sua imagem

A internet está gerando um comportamento diferente nas pessoas. Hoje, com os vídeos, o fã de um artista é antes, fã desse cara como pessoa. Imagine comigo: Você começou sua carreira hoje e planeja gravar algo de qualidade daqui a uns 5 meses. Na sua mente, sua postura artística, o tipo de som que vai fazer e algumas músicas, já estão definidas. Você é uma pessoa com um história de vida interessante, sonha com música e quer viver disso. Imagine gravar uma série de 4 vídeos contando esse seu projeto, ao público? Imagine fazer um Vlog, contando como você está projetando sua carreira e indo mais além, mostrando como você é na intimidade.

Sem tocar uma nota ou cantar um verso, você irá começar a reunir fãs que se afeiçoarão à sua imagem, se identificarão com sua história de vida ou com o que você fala. Eles serão a base do seu trabalho musical, pois se conectam a você como pessoa. E quem se identifica com uma pessoa acaba se identificando com tudo o que ela faz, inclusive sua música.

#2 – Faça covers “estratégicos”

Você já deve ter ouvido falar que covers são uma oportunidade para um artista começar a ser percebido pelo público. Eu mesmo já falei disso no meu canal do You Tube. Mas, a sacada aqui é mais específica. Quando um artista conhecido visualiza um cover de sua obra bem executado, pode acreditar, ele irá curtir. Se ele faz isso no Instagram, por exemplo, grande parte de seus fãs vai querer saber o que foi aquilo que seu ídolo gostou tanto.

Grave releituras criativas de músicos que possuem algum histórico de interação com fãs pela internet. Artistas que são ativos no Digital.

O cantor Victor Mota fez isso. Ele Gravou uma releitura da música “Espumas ao vento” do cantor Fagner que, curtiu e não preciso dizer que muitos views vieram dos fãs do próprio Fagner a partir de então.

fagner 1#3 – Abra “loops” de conteúdo

Essa é uma técnica que a televisão usa desde o princípio e funciona em qualquer ocasião.  Não existe nada mais instigante do que começar a mostrar algo e no final, não mostrar ou postergar isso para uma próxima oportunidade. Quando isso acontece, a audiência explode.

Imagine que você seguiu a cartilha que falei no ítem 1 e atraiu a atenção de um público que se identificou com suas histórias. Se você entregar essas histórias em partes, uma por semana por exemplo, seus resultados serão muito maiores.

Atraia a atenção e postergue o final do seu conteúdo. Isso trará ainda mais valor para você e formará um público mais disposto a se doar em prol do que você irá propor, afinal você já recebeu o primeiro pagamento dessas pessoas: O tempo.

#4 – Pronto pra gravar: CD, EP ou SINGLE? EP, FOREVER!

O formato de lançamento de um trabalho é sem dúvidas uma incógnita pra muita gente. Em minha concepção, o EP é o formato ideal para um músico com carreira iniciante. Pense comigo: Você está pisando em um solo desconhecido, seu trabalho nunca foi ouvido, você não sabe com exatidão se sua escolha artística irá gerar impacto. O single jamais te apresentaria ao mercado com a base certa para que o público faça sua avaliação. O risco de você escolher uma música que não te represente artisticamente é grande e com uma possível negativa popular, as chances do seu fim chegar antes do começo são grandes.

Um álbum (CD) pode ser denso demais. Lembre-se que vivemos uma era de muita informação, não faltam milhares de novidades musicais todos os dias. Conteúdo em excesso gera desinteresse, as pessoas querem ter o menor trabalho para filtrar as coisas, querem consumir algo de qualidade sem precisar escolher muito. Um álbum com 14 faixas de uma banda totalmente desconhecida, por exemplo, pode ser muito mais chato do que atrativo em um primeiro momento.

Serviços que oferecemos para sua empresa

Agência Planejador Web possui mais de 60 profissionais de marketing, está há 10 anos no mercado atendendo mais de 5 mil empresas. Montamos equipe de 3 a 7 profiisionais para executar mensalmente o marketing digital da sua empresa.

Equipe para gerenciar anúncios do Facebook e Instagram

Equipe para gerenciar anúncios do Google

Criação de sites profissionais

Agência de SEO - Crie artigos como esse para o seu blog e obtenha mais visitas

Confira nossos Planos e preços clicando aqui.

O EP é o meio termo e é o formato que eu indico pra quem vai estrear. 4 ou 5 músicas não é tanta coisa assim. Ao mesmo tempo, é mais fácil você inserir pelo menos 2 faixas que representem com fidelidade sua proposta no EP, do que acertar na mosca com 1 em um single.

#5 – Faça você mesmo

Não fique aguardando ser descoberto por alguém. Se apresente!

A palavra chave para um artista que pretende construir uma carreira sustentável é ATITUDE. Nada de aguardar um empresário, uma gravadora, ou contratante. Hoje você possui a internet como principal ferramenta para construir tudo.

Quer ver isso na prática?

Veja como alguns músicos que fizeram o curso Palco Digital alcançaram resultados incríveis:

Se você quiser se juntar a esse grupo de músicos, clique abaixo.

Se você tem uma banda e pensa em fazer marketing do seu conteúdo na internet, você provavelmente tem buscado soluções na internet. Como em tudo na vida, o dinheiro facilita tudo. Mas sabemos que a vida nem sempre nos prestigia com uma conta gorda. Então fizemos esse guia de Como Fazer Marketing da Sua Banda com Orçamento Limitado.

Já falamos um pouco sobre marketing musical aqui ou ali no blog. Vou deixar alguns links para você consultar depois e vou citá-los também durante este guia.

Minha intenção, obviamente, é te ajudar a fazer a gestão da sua banda. E fazer você ficar aqui no blog por 3 horas seguidas. Dizem que essa retenção faz bem para o SEO, indexação e essas coisas.

#6 “É perigoso ir sozinho.”

Se você já jogou A Lenda de Zelda no Nintendo 8-bit, você provavelmente já ouviu essa frase. Para quem não sabe, essa frase é o que o Link (o personagem principal) ouve de um comerciante que dá à ele a primeira espada antes de ele entrar na aventura de resgatar a princesa Zelda.

Logo depois, o jogador se vê em desafios com muita pressão, recursos escassos, e nenhum caminho pra vencer.

Parece muito com nosso caminho na carreira musical. Não acha?

De fato, se você é novo no jogo da carreira musical e está trabalhando com recursos limitados, você se parece muito com o Link. Mais do que imagina.

Batalhar com músicos melhor financiados através de um de um ecossistema musical complexo pode frequentemente parece como brigar com monstros enquanto caminha no deserto com nada mais do que sua inteligência.

Executar uma estratégia de negócio musical compreensiva sob a pressão para entregar resultados sem as ferramentas adequadas ou um mapa para vitória pode ser desgastante ( e muito menos divertido do qualquer videogame).

Hoje, existe um desespero generalizado sobre o timing de lançamentos e novas músicas para uma banda. Muitos dizem que ficar sem lançar nada por mais de 6 meses pode significar um desastre.

Mas até onde isso vai em detrimento da qualidade artística? Vou deixar essa sementinha aqui plantada para falarmos disso em outro momento.

Felizmente, é possível sim ser bem sucedido na carreira musical e aplicar um marketing poderoso com um budget limitado. O segredo é pensar como o Link, fazendo o uso mais criativo e eficiente quanto possível do que você tem até que fique forte o suficiente para lutar contra seus maiores adversários.

Para chegar lá, você tem que fazer o máximo de progresso com o mínimo uso de recurso possível enquanto trabalha inteligente ao invés de pesado. 

A única diferença é que você está resolvendo problemas de uma carreira musical ao invés de enigmas e ultrapassando concorrentes ao invés de matando monstros ao longo do caminho.

Aproveite para já baixar seu guia abaixo.

Faça o máximo com seu tempo limitado com esses recursos gratuitos. O seu Pacote de Marketing para Bandas com Baixo Custo inclui:

  • Um Modelo de Budget de Marketing para ajudar a fazer o máximo com pouco investimento.
  • Uma Planilha de Auditoria de Conteúdo para entender suas redes sociais e seu site.
  • Um Modelo de Conteúdo de Campanha de Mídias Sociais para criar e organizar conteúdos rápidos.
  • Um Modelo de Calendário Editorial para programar seus posts.

#7 Auditoria de Conteúdo

Encontre Orientação no Marketing da sua Banda com uma simples

Se você já tem sua banda há um tempo, seu primeiro passo é mapear exatamente o conteúdo que você já tem. E ainda o quanto disso pode ser utilizado. Pense nisso como fazer uma limpeza do guarda-roupas. Com caixas para as coisas que você deseja deixar, melhorar ou consertar, e coisas que vai jogar fora.

Uma forma fácil de acompanhar esse progresso é criar uma planilha simples. Existem diversas formas de se fazê-la, mas basicamente, deve listar todas as suas URLs, títulos das páginas, e as seguintes colunas:

  • Manter
  • Consertar
  • Melhorar
  • Remover

Se você não tem muito tempo, tenha em mente que sua ênfase deve ser balancear velocidade com relevância. Foque nos links que possuem mais relevância e com mais seguidores, mesmo que sua audiência não seja muito grande. Descarte os links que não tem relevância.

Se você acredita que está pronto para uma leitura mais profunda sobre auditoria de conteúdo, fique a vontade para acessar o link onde fiz a base disso que te falei. Foi nesse guia da Moz.

#8 Foque no que Você é Bom e Foque nos Canais Certos

Uma vez que você tem uma ideia clara do que você já tem na internet, seu próximo passo é determinar quais os canais em que irá produzir conteúdo novo de marketing da sua banda.

Além do seu site, você precisa considerar qual mídia social se encaixa melhor nas suas necessidades. Se você não sabe bem, teste. Eu tenho o mesmo desafio que você para descobrir qual mídia funciona melhor e qual o público mais gosta.

Com tantas plataformas diferentes disponíveis, é fácil sentir uma certa paralisia na hora de saber qual usar. Se hoje tempo é o bem mais valioso, tente focar somente nos canais que vão tanto causar maior impacto e que você tenha um tempo confortável para usar (no meu caso é o Facebook).

Esforços concentrados em pequenas áreas podem trazer maiores retornos do que dividir sua atenção em mais plataformas do que pode gerenciar. Eu cometi esse erro. Quem quer tudo não tem nada. Essencialismo.

#9 Dicas de Mídias Sociais

Escolha as Plataformas certas: Na maioria dos casos, Uma página no Facebook é essencial. Twitter também é um must-have para artistas e para o marketing da sua banda. A partir daí, pense com cuidado sobre o InstagramSnapchat e outros.

Se você está em dúvida sobre qual plataforma usar, observe as outras bandas e o que elas mais estão usando.

Continue naquilo que pode gerenciar: Sobrecarregar você mesmo por se comprometer com cada mídia social nova disponível pode ser muito exaustivo. Não caia na pressão de querer estar em todos os lugares se não tem tempo pra isso. Você não é onipresente.

#10 Dicas de Email Marketing da sua Banda

Não seja chato: Quantos listas de e-mail você assinou onde os e-mails recebidos não passam de propaganda ou possuem uma formatação horrível?

Esse tipo de abordagem é chato e promove uma péssima experiência desse fã em potencial que assinou sua lista.

E-mail marketing com baixo custo não quer dizer baixa qualidade. Serviços como o MailChimp oferecem contas gratuitas e templates fáceis de usar que podem dar uma cara profissional e ainda manter sua comunicação simples (e se você se pergunta o quanto um e-mail com programação manual pode ser, pergunte para um programador).

Reuse conteúdo das mídias sociais: Corte tempo do seu processo de criação de e-mail linkando para posts ou conteúdos das mídias sociais.

#11 Estabeleça uma Programação Consistente

Embora não existam muitas regras sobre o quão frequente você deve postas nas redes sociais, é importante manter todas atualizadas regularmente, lembrando sempre das plataformas que escolheu para o marketing da sua banda.

Se sua audiência sabe quando visitar suas redes sociais para ver atualizações, ou sabe que você posta regularmente, eles serão mais propensos a voltar para ver mais do seu conteúdo. Sabendo quando você vai postar também vai te ajudar a fazer mais em menos tempo.

As melhores práticas sobre o quão frequente você deve postar varia de público para público. Mas algumas linhas gerais para seguir são:

  • Seja consistente: Garanta que os fãs pode esperar novos conteúdos com segurança.
  • Seja social: Responda e interaja com os fãs.
  • Seja persistente: Não permita que as mídias sociais estagnem (a não ser que essa seja uma estratégia).

Invista em uma ferramenta para gerenciar sua programação de posts. Isso vai ajudar a te manter organizado e salvar muito tempo. Você pode usar o Google Apps for Work, onde você pode criar e-mails para cada membro da banda e equipe e integrar a agenda de todos, dividir e gerenciar as tarefas.

#12 Trabalhe de Forma Inteligente, não Pesada para Gerar Mais Ideias de Conteúdo.

Gerar ideias para coisas interessantes e únicas não é tarefa fácil. Entretanto, existem formas de acelerar o processo de criação de conteúdo enquanto evita o bloqueio criativo.

#13 Monitore as Mídias Sociais de Outros Artistas

Quais os TT’s relacionados à música? O que os fãs do Facebook de outros artistas maiores estão discutindo? Ouvir e analisar o que as pessoas estão fazendo nas mídias sociais pode te dar muitas ideias de novos conteúdo que pode cobrir.

#14 Google Trends

Criar conteúdo original que esteja relacionado a um trending topic é uma ótima maneira de divulgar conteúdo de marketing da sua banda. Youtubers e bloggers fazem isso o tempo todo. Mesmo que não deva basear seu legado no hype, aproveitar um gancho atual sempre te leva mais além.

Se você acredita que tem uma boa ideia de publicação, ou precisa de uma ajuda para ficar por dentro dos assuntos, tente o Google Trends. É uma ferramentas bastante útil para monitorar quantos títulos novos aparecem sobre a palavra-chave escolhida, como também é possível ver as buscas mais populares do Google no momento.

#15 Ubersuggest

Antes de poder entregar conteúdo que as pessoas realmente queiram ver, vai ajudar saber o que elas estão procurando. O Ubersuggest é uma ferramenta gratuita que gera listas de termos de busca das pesquisas que as pessoas fazem. Basta digitar uma palavra-chave que ele busca semelhantes

#16 Faça Algumas Análises Competitivas

Se você perceber que muitos artistas estão falando de determinado assunto, provavelmente é porque existem muitas pessoas interessadas. Além disso, fique atento para os outros mercados além da música, identifique o que é popular, e veja como você pode fazer um conteúdo único relacionado ao assunto.

Você pode fazer isso indo fundo na pesquisa, incluindo algumas coisas que ainda não foram cobertas por outras pessoas, ou simplesmente dando sua própria cara ao conteúdo. Isso vai ajudá-lo a ir além no assunto em que as pessoas querem saber, lhe trazendo mais autoridade.

#17 Como Escalar a Criação de Conteúdo em um Orçamento

Nesse ponto, você já deve saber os tipos de conteúdo você vai criar. Quando ele vai ser criado, e onde será publicado.

Entretanto, sem muita (quando nenhuma) assistência, você pode rapidamente perceber que manter a criação de conteúdo no longo prazo, pode te deixar sobrecarregado. Mas não precisa ser assim.

Estabelecendo processos eficientes, encontrando maneiras de reutilizar os conteúdos através dos seus canais, e talvez listando alguma assistência externa, você pode gerar mais conteúdo do que imagina.

#18 Curadoria de Conteúdo

Se você não tem muito tempo para criar conteúdo, então aproveite o gancho de alguém. Agora, não significa que você deve roubar o trabalho alheio. Curadoria de Conteúdo é simplesmente o processo de coletar e compartilhar um conteúdo em torno de um tópico de outras fontes, e adicionar um comentário pessoal ou um próprio insight.

Veja alguns exemplos de curadoria de conteúdo:

  • Compartilhe conteúdo de fontes com bastante autoridade.
  • Inclua seus próprios pensamentos ou insights.
  • Compartilhe o que é relevante para sua audiência.

Semanalmente ou mensalmente, dê uma olhada nos posts mais interessantes de artistas semelhantes à você e compartilhe, ou manda para sua lista de e-mail. Garanta sempre os créditos de quem produziu o conteúdo original.

Além do mais, esse comportamento pode te posicionar como um recurso valioso para seus seguidores ao ajudá-los a encontrar conteúdo interessante e semelhante ao seu.

#19 Encontre Fãs para Produzir Conteúdo com Você

É possível que nem sempre você tenha tempo para escrever um mailing ou publicar nas redes sociais na frequência que deseja. Felizmente, alguém por aí provavelmente tem esse tempo, e existe uma chance de eles quererem trabalhar com você e com o marketing da sua banda.

Por cultivar e cuidar dos seus fãs, você pode pegar um gancho no expertise deles, construir conexões com outras pessoas capazes, e gerar conteúdo com bastante autoridade enquanto tira um pouco da sua carga de trabalho.

#20 Maneiras de convidar fãs a fazerem parte da equipe de marketing da sua banda:

  • Você pode fazer uma seleção nas suas redes sociais. Diga que está pensando em chamar um fã engajado para fazer parte do time da banda. Seu trabalho será analisar se a pessoas tem realmente as habilidades para a tarefa que deseja e garantir que conhece ela o suficiente para dar acessos a conteúdos (algumas vezes exclusivos) da banda.
  • Você tem um fã-clube? Um grupo no whatsapp de fãs da banda? Esse tipo de fã provavelmente te conhece muito mais e é mais confiável. Comece a montar seu time dali. O Linkin Park fez isso com o LP Underground.

#21 Re-proponha Seu Conteúdo Através dos Canais

Teve uma grande ideia de publicação para o Facebook? Tente adaptar para o Twitter (talvez Instagram). Faça um “novidades da semana” com sua lista de e-mail. Por encontrar oportunidades de redesenhar seu conteúdo pelas plataformas, você pode manter diversos canais atualizados eficientemente enquanto dá o máximo de exposição para o seu conteúdo.

#22 Não Falhe no Visual

Criar imagens fortes para seu site, mailing e redes sociais pode ser cansativo se design não for seu forte. Se você é um desses (e que não tem acesso a ferramentas como Photoshop), considere essas opções para o marketing da sua banda:

#23 Canva

Canva é um serviço gratuito e online, que permite à você crirar imagens usando uma grande variedade de fontes, fundos e modelos. Tem suas limitações, mas é possível criar resultados surpreendentes em relativamente pouco tempo.

Em breve o curso: Como Usar o Canva – Passo-a-Passo. Garanta sua vaga!

#24 Piktochart

Piktochart é uma outra ferramenta de design freemium. Perfeito para fazer posters e infográficos. É usado por grandes empresas como o TechCrunch, Forbes, e Survey Monkey.

#25 Torne Seus Vídeos de Celular Interessantes

Conteúdo em vídeo domina a internet. De fato, recentemente o Facebook mudou seu algoritmo dando mais peso aos conteúdos em vídeo. Contudo, equipamento profissional de vídeo é caro, e não muito útil se você não é um videomaker.

Existe solução para isso. E ele deve estar no seu bolso agora mesmo.

Seu celular.

Mesmo que fazer um vídeo do seu celular não tenha a mesma qualidade que uma câmera real, é possível filmar conteúdo atraente em uma pitada para o marketing da sua banda. Esse conteúdo também te fará mais autêntico.

Se você não se dá muito bem com as câmeras, tente essas dicas:

  • Preencha todo o quadro em cada filmagem.
  • Posicione seu motivo ligeiramente para esquerda ou para direita, não tudo no meio.
  • Considere usar um tripé ou algo que equilibre.
  • Se vê tiver essa opção, tente colocar um microfone externo para melhorar o áudio.

Quer um exemplo? O Tiago Iorc sempre captura imagens muito interessantes em seu Instagram

#26 Mensure Seu Sucesso (E Aja nos Seus Dados)

Uma vez que você tenha a sua máquina de conteúdo rodando, você vai querer medir seus resultados e usar estes dados para ajudar a tomar melhores decisões. Se você já estiver com uma pesquisa considerável nos motores de busca, então é inteligente continuar trabalhando em SEO e na estratégia de conteúdo.

Ou, se você perceber que certas mídias sociais estão com um tráfego bom e outras estão estagnadas, pode ser um sinal que você deve focar nas que estão funcionando, ou mudar sua estratégia nas que não estão.

#27 Google Analytics

O melhor plano de marketing do mundo não significa muito se você não consegue medir os resultados. Felizmente, uma das melhores ferramentas de marketing digital existe de graça e é fácil de usar.

Mesmo o Google Analytics sendo gratuito e relativamente fácil de usar, ele é uma das ferramentas mais poderosas com diversas funcionalidades avançadas.

Evite perder tempo fuçando nos dados e análises, focando nesses 3 principais indicadores:

  • Tráfego Orgânico
  • Taxa de Rejeição
  • Taxa de Conversão

Quando tempo é essencial, essas são as métricas mais essenciais para monitorar.

#28 Fazer Mais com Menos no Marketing da Sua Banda

Isso pode parecer muito trabalho. Francamente, é porque é muito trabalho (até que coloque seus planos e processos em ordem). Logo que você coloque sua engrenagem de marketing para rodar, você vai perceber que vai conseguir muito mais em menos tempo. E ainda, com menos dinheiro. Basta um pouco de planejamento, prioridade e persistência.

O melhor de tudo, vai custar muito pouco (ou possivelmente nada), e você não vai ter que cortar (muitas) pontas para ter o marketing da sua banda feito.