Mercado digital o que é como funciona

Tempo de leitura estimado: 12 minutos

Última atualização em 14/05/2021

Mercado digital o que é como funciona? Também conhecido como Marketing digital, marketing online, publicidade na Internet … seja lá como for, o marketing online da sua empresa é um grande negócio hoje em dia.

Afinal, o uso da Internet mais do que dobrou na última década e essa mudança afetou enormemente a forma como as pessoas compram produtos e interagem com as empresas.

Então, o que é marketing digital?

O marketing digital é como qualquer outro tipo de marketing – é uma forma de se conectar e influenciar seus clientes em potencial. A verdadeira diferença é que você se conecta e influencia esses clientes online.

 

O Que E Mercado Digital E Como Funciona

 

O que é Mercado digital?

Basicamente, o Mercado digital ou marketing digital refere-se a quaisquer esforços ou ativos de marketing online.

E-mail marketing, publicidade pay-per-click, marketing de mídia social e até blogs são ótimos exemplos de marketing digital – eles ajudam a apresentar sua empresa às pessoas e a convencê-las a comprar.

Aqui estão alguns dos ativos e estratégias de marketing digital mais comuns que as empresas usam para alcançar pessoas on-line:

ATIVOS DE MARKETING DIGITAL
Quase tudo pode ser um ativo de marketing digital. Ele simplesmente precisa ser uma ferramenta de marketing que você usa online.

Dito isso, muitas pessoas não percebem quantos ativos de marketing digital têm à sua disposição. Aqui estão alguns exemplos:

  • Seu site
  • Recursos de marca (logotipos, ícones, acrônimos, etc.)
  • Conteúdo de vídeo (anúncios em vídeo, demonstrações de produtos, etc.)
  • Imagens (infográficos, fotos de produtos, fotos da empresa, etc)
  • Conteúdo escrito (postagens em blogs, e-books, descrições de produtos, depoimentos etc.)
  • Produtos ou ferramentas online (SaaS, calculadoras, conteúdo interativo, etc)
  • Avaliações
  • Páginas de mídia social

Serviços que oferecemos para sua empresa

Agência Planejador Web possui mais de 60 profissionais de marketing, está há 10 anos no mercado atendendo mais de 5 mil empresas. Montamos equipe de 3 a 7 profiisionais para executar mensalmente o marketing digital da sua empresa.

Equipe para gerenciar anúncios do Facebook e Instagram

Equipe para gerenciar anúncios do Google

Criação de sites profissionais

Agência de SEO - Crie artigos como esse para o seu blog e obtenha mais visitas

Confira nossos Planos e preços clicando aqui.

Como você provavelmente pode imaginar, essa lista apenas arranha a superfície.

A maioria dos ativos de marketing digital se enquadrará em uma dessas categorias, mas profissionais de marketing inteligentes estão constantemente criando novas maneiras de alcançar clientes online, então a lista continua crescendo!

ESTRATÉGIAS DE MARKETING DIGITAL
A lista de estratégias de marketing digital também está em constante evolução, mas aqui estão algumas das estratégias que a maioria das empresas está usando:

 

  • PUBLICIDADE DE PAGAMENTO POR CLIQUE
    A publicidade paga por clique (PPC) é, na verdade, um termo amplo que abrange qualquer tipo de marketing digital em que você paga por cada usuário que clica em um anúncio. Por exemplo, o Google AdWords é uma forma de publicidade PPC chamada “publicidade de pesquisa paga” (que examinaremos em um segundo). Os anúncios do Facebook são outra forma de publicidade PPC chamada “publicidade paga em mídia social” (mais uma vez, entraremos nisso em breve).

 

  • PUBLICIDADE DE PESQUISA PAGA
    Google, Bing e Yahoo permitem que você execute anúncios de texto em suas páginas de resultados de mecanismos de pesquisa (SERPs). A publicidade de pesquisa paga é uma das melhores maneiras de segmentar clientes em potencial que estão procurando ativamente por um produto ou serviço como o seu.

 

  • OTIMIZAÇÃO DO MOTOR DE PESQUISA (SEO)
    Se você não quer pagar para aparecer nas SERPs, você também pode usar a otimização de mecanismo de pesquisa (SEO) para tentar classificar páginas ou postagens de blog em seu site de forma orgânica. Você não precisa pagar diretamente por cada clique, mas fazer com que uma página seja classificada geralmente leva um pouco de tempo e esforço (para uma comparação mais aprofundada de pesquisa paga e SEO, leia este artigo).

 

  • PUBLICIDADE PAGA NA MÍDIA SOCIAL
    A maioria das plataformas de mídia social como Facebook, Instagram, Twitter, LinkedIn, Pinterest e Snapchat permitem que você exiba anúncios em seus sites. Publicidade paga em mídia social é ótima para aumentar a conscientização de públicos que podem não estar cientes da existência de sua empresa, produto ou serviço.

 

  • MARKETING DE MÍDIA SOCIAL
    Assim como o SEO, o marketing de mídia social é a forma orgânica e gratuita de usar plataformas de mídia social como Facebook ou Twitter para divulgar seu negócio. E, assim como o SEO, o marketing orgânico do seu negócio nas redes sociais exige muito mais tempo e esforço, mas, a longo prazo, pode gerar resultados muito mais baratos.

 

  • OTIMIZAÇÃO DA TAXA DE CONVERSÃO (CRO)
    A otimização da taxa de conversão (CRO) é a arte e a ciência de melhorar a experiência do usuário online. Na maioria das vezes, as empresas usam o CRO para obter mais conversões (leads, chats, chamadas, vendas, etc.) do tráfego existente no site.

 

  • MARKETING DE CONTEÚDO
    Marketing de conteúdo é outro termo bastante amplo de marketing digital. O marketing de conteúdo abrange qualquer esforço de marketing digital que usa ativos de conteúdo (postagens de blog, infográficos, e-books, vídeos, etc.) para construir o conhecimento da marca ou gerar cliques, leads ou vendas.

 

  • PROPAGANDA NATIVA
    Você já chegou ao final de um artigo e viu uma lista de artigos sugeridos? Isso é publicidade nativa. A maior parte da publicidade nativa cai no marketing de conteúdo porque usa conteúdo para atrair cliques (“você nunca vai acreditar no que acontece a seguir!”). Muitas vezes, a publicidade nativa pode ser um pouco difícil de detectar, já que geralmente é misturada com recomendações de conteúdo não pago … mas esse é o ponto.

 

  • MARKETING DE EMAIL
    O marketing por email é a forma mais antiga de marketing online e ainda está forte. A maioria dos profissionais de marketing digital usa o marketing por e-mail para anunciar ofertas especiais, destacar conteúdo (geralmente como parte do marketing de conteúdo) ou promover um evento.

 

  • MARKETING AFILIADO
    O marketing de afiliados é essencialmente pagar a outra pessoa (uma pessoa ou empresa) para promover seus produtos e serviços em seu site.

 

Como você pode ver na lista acima, existem muitas maneiras diferentes de comercializar sua empresa on-line, e é por isso que muitas empresas contratam uma agência para gerenciar seus esforços de marketing digital ou pagam por uma equipe de marketing interna e um software de automação de marketing para cobrir suas necessidades de marketing.

 

O Mercado Digital Funciona

 

O mercado digital funciona?

O marketing digital é uma ótima opção para qualquer negócio.

Na Disruptive, usamos o marketing digital para ajudar todos os tipos de negócios a crescer – de lojas familiares a universidades reconhecidas internacionalmente e muito mais.

Essa é a beleza da publicidade online.

Se você sabe quem deseja atingir, você pode usar o marketing digital para atingir qualquer pessoa, em qualquer lugar.

No entanto, dito isso, certos tipos de negócios se beneficiarão mais com certos tipos de publicidade digital.

Como uma visão geral rápida, vamos dar uma olhada em quais estratégias tendem a funcionar melhor para empresas business-to-consumer (B2C) e business-to-business (B2B):

EMPRESAS B2C
De modo geral, as empresas B2C têm preços muito mais baixos do que suas contrapartes B2B.

Afinal, pode ser um pouco difícil vender uma broca de $ 150.000 (acredite, eles existem) para uma mãe apressada.

Mas um par de calças infantis de $ 10? Essa é uma venda bastante direta.

A boa notícia é que, como as empresas B2C não estão tentando vender produtos ou serviços incrivelmente caros, elas não precisam de grandes equipes de vendas ou funis de marketing complicados.

Tudo o que eles precisam fazer é apresentar seus produtos ou serviços ao público certo com a mensagem certa e o resto deve cuidar de si mesmo.

Como resultado, o objetivo principal da maioria das empresas B2C é fazer com que as pessoas entrem e por meio de seu funil de marketing.

Por exemplo, se você conseguir colocar aquela mãe preocupada no site de roupas de seus filhos e oferecer a ela um negócio interessante, há uma boa chance de que ela compre hoje.

Você não precisa construir muito conhecimento da marca ou confiança antes de fechar uma venda.

Com isso em mente, as empresas B2C costumam ver ótimos resultados de canais de marketing de funil superior, como marketing de mídia social ou publicidade social paga.

Esses canais fazem um ótimo trabalho ao apresentar sua empresa a clientes em potencial que, de outra forma, talvez não soubessem que você existe.

Agora, complementar com outras estratégias de marketing digital como pesquisa paga ou SEO é sempre uma boa ideia, mas se você tiver que escolher um canal para começar, a publicidade social paga ou o marketing de mídia social são ótimas opções para o B2C.

 

EMPRESAS B2B
Em contraste, a pesquisa paga é uma ótima opção para empresas B2B.

A maioria das empresas B2B tem públicos de nicho muito específicos que podem ser difíceis de atingir usando a mídia social.

No entanto, se você vende brocas de US $ 150.000 e alguém pesquisa “fabricante de brocas de perfuração para petróleo com ponta de diamante”, você deseja ser o primeiro resultado que eles veem.

Sim, você pode pagar mais por seu clique do que pagaria com publicidade social paga, mas com um preço de US $ 150.000, é um dinheiro bem gasto.

Além disso, a maioria das empresas B2B tem um ciclo de vendas muito mais longo e mais envolvido do que as empresas B2C.

Se você está vendendo uma broca de $ 150.000, a maioria das pessoas provavelmente não vai ao seu site, liga para você e diz “Eu quero uma”.

Como resultado, estratégias de longo prazo, como marketing de conteúdo ou marketing por e-mail, costumam ser necessárias para fechar um negócio.

 

Entenda melhor as estratégias B2B e B2C nestes artigos, O que é b2b + estratégias para seu negócio – Passo a Passo

O que é b2c + Estratégia de Marketing

É claro que a combinação certa de táticas de marketing digital varia de setor para setor e business-to-business, mas simplesmente comparar o B2C ao B2B deve ajudá-lo a ter uma ideia de como diferentes estratégias podem ser melhores para determinados negócios.

Nem toda estratégia é certa para todos os negócios, mas com um pouco de tentativa e erro, você deve ser capaz de identificar a abordagem mais lucrativa para sua empresa.

 

Como Eu Comeco No Mercado Digital

 

Como eu começo?

A boa notícia é que começar com o marketing digital é bastante fácil.

A maioria das plataformas de publicidade online facilita a inscrição e a criação de sua primeira campanha (afinal, é assim que eles ganham dinheiro).

Aqui estão alguns links para guias de iniciante para várias estratégias diferentes de marketing digital:

  • Publicidade de pesquisa paga
  • Otimização de mecanismos de pesquisa (SEO)
  • Publicidade paga em mídia social
  • Marketing de mídia social
  • Otimização da taxa de conversão
  • Marketing de conteúdo
  • Marketing de email

O núcleo de toda campanha de marketing digital de sucesso, no entanto, não é um guia. Independentemente das estratégias que você escolher usar, aqui estão 4 perguntas que você precisa responder antes de começar com o marketing digital:

1. QUANTO VOCÊ PRECISA FAZER?

Para descobrir quanto você precisa gastar em marketing digital, primeiro você precisa esclarecer quais são seus objetivos.

A maneira como você aborda o marketing digital pode variar bastante, dependendo se seu objetivo final é gerar cliques, conversões ou leads, vendas, receita ou um determinado retorno sobre o investimento (ROI).

Quando você vai direto ao ponto, o objetivo final de qualquer esforço de marketing deve ser o ROI.

Afinal, se seus gastos com marketing digital não estão gerando receita lucrativa para sua empresa, por que você está fazendo marketing online?

Cliques e até conversões são ótimos, mas sua empresa não ganha dinheiro com cliques (na verdade, você realmente gasta dinheiro com cliques) ou conversões.

Ele ganha dinheiro com as vendas.

Com isso em mente, a primeira coisa que você precisa determinar antes de decidir qual deve ser seu orçamento de marketing digital é decidir quanta receita você deseja gerar.

Depois de saber disso, você pode usar essas informações para determinar quanto gasto com publicidade será necessário para atingir essa meta de receita.

 

2. PARA QUEM VOCÊ ESTÁ FAZENDO MARKETING?

Depois de saber quanto dinheiro deseja ganhar com marketing digital, você precisa identificar para quem está fazendo marketing. Isso é fundamental, porque diferentes buyer personas exigem diferentes táticas de marketing.

E, ainda mais importante, diferentes buyer personas se transformam em diferentes tipos de compradores.

Então adivinhe?

Se você não entende suas buyer personas, não pode criar uma estratégia de marketing digital eficaz!

Se você tem uma equipe de vendas, conversar com eles pode ser uma das maneiras mais rápidas de reunir uma persona de comprador decente.

Afinal, eles são os que mais falam com seus clientes, certo?

No entanto, até mesmo conversar com sua equipe de vendas e fazer um pouco de pesquisa não é suficiente para realmente chegar ao nível de detalhes de que você precisa para montar um plano de marketing digital eficaz.

Para fazer isso, você precisa pegar o telefone e ligar para seus clientes reais.

Pergunte como eles o encontraram, por que se converteram e o que os convenceu a pagá-lo.

Essas informações fornecerão muitos insights sobre o processo de marketing e vendas que você pode usar para melhorar o desempenho de sua publicidade e escolher seu orçamento de marketing.

 

3. QUANTO VALE OS SEUS CLIENTES?

Normalmente, as pessoas veem as buyer personas como uma boa maneira de criar uma estratégia de marketing eficaz.

As personas do comprador são ótimas para isso, mas também são uma parte importante da elaboração de um plano de marketing digital eficaz.

Por exemplo, imagine que você está anunciando um negócio SaaS chamado SaaS-A-Frass que tem a seguinte estrutura de preços:

Exemplo De Precos Por Personas

Nesta situação, você provavelmente está alvejando 3 buyer personas diferentes:

  • Pequena empresa “Luciano”
  • Empresa de médio porte “Amanda”
  • Negócio empresarial “Eduardo”

A pequena empresa “Luciano” tem necessidades de negócios muito menores e mais simples do que Eduardo ou Amanda, então ele provavelmente escolherá o pacote Starter.

Amanda provavelmente vai querer o pacote Professional e Eduardo provavelmente vai precisar do pacote Enterprise.

Supondo que Luciano, Amanda e Eduardo permaneçam por uma média de 14 meses, 4 anos e 9 anos, respectivamente (vida útil média para um cliente SaaS) e comprem 5, 20 e 100 licenças (novamente, respectivamente), aqui está o valor vitalício para cada uma dessas personas ([licenças / mo] x [número de licenças] x [vida útil típica do cliente em meses]):

VALOR DE VIDA

  • Luciano: $ 1.750
  • Amanda: $ 72.000
  • Eduardo: $ 1.590.000

Esses números parecem realmente empolgantes, mas nem todo esse dinheiro é lucro.

Uma empresa SaaS normal paga cerca de 22% pelo cumprimento, 9% pelas vendas e tem uma sobrecarga de 40%, deixando-os com cerca de 29% do valor vitalício de cada cliente para brincar. Isso significa simplesmente empatar, o SaaS-A-Frass tem que gastar menos do que o seguinte para adquirir um cliente do Facebook:

CUSTO MÁXIMO DE AQUISIÇÃO

  • Luciano: $ 507,50
  • Amanda: $ 20.880
  • Eduardo: $ 461.100

Se SaaS-A-Frass puder manter seu custo de aquisição abaixo desse limite, eles ganharão dinheiro.

Se custar mais do que isso adquirir cada um desses clientes, eles perderão dinheiro.

Veja por que as buyer personas são tão importantes para o orçamento?

Claro, é improvável que o mercado esteja saturado com Eduardos, então o SaaS-A-Frass precisará de uma combinação desses negócios para atingir suas metas de receita. Essa combinação ditará seu orçamento do Facebook.

Portanto, se o SaaS-A-Frass está disposto a gastar $ 0,18 em marketing para produzir $ 1,00 no valor vitalício (para uma margem de lucro total de 11%), o SaaS-A-Frass pode pagar o seguinte para cada buyer persona:

CUSTO DE AQUISIÇÃO DE CLIENTE

  • Luciano: $ 315
  • Amanda: $ 12.960
  • Eduardo: $ 286.200

Se o SaaS-A-Frass não pode produzir clientes pagantes de uma buyer persona em um ponto de preço abaixo desse limite, eles provavelmente não deveriam estar fazendo marketing para essa buyer persona.

No entanto, se os esforços de marketing digital do SaaS-A-Frass estão atualmente produzindo compradores de cada persona nesses CAC (ou mesmo um CAC abaixo desses limites), o SaaS-A-Frass pode usar essas informações para calcular seu orçamento de marketing.

 

4. QUANTO VOCÊ PRECISA GASTAR PARA ATINGIR SUAS OBJETIVAS?

Neste ponto, as coisas são muito simples.

Basta pegar seu CAC, valor médio do pedido de compra e número médio de compras (se você tiver um modelo de assinatura, você pode apenas usar a vida útil média de cada buyer persona)

O padrão para esta calculadora mostra o orçamento mensal e ROI para SaaS-A-Frass, supondo que SaaS-A-Frass deseja produzir $ 2.425.500 em novas receitas de marketing digital a cada mês e determinaram que para fazer isso, eles precisam de esforços de marketing para produzir 100 vendas por mês (90 Lucianos, 9 Amandas e 1 Eduardo).

Por nosso exemplo, um novo Luciano paga $ 125 / mês por uma média de 14 meses, uma nova Amanda paga $ 1.500 / mês por uma média de 48 meses e um novo Eduardo paga $ 15.000 / mês por 108 meses.

Conectando tudo isso à calculadora, o SaaS-A-Frass precisará de um orçamento de $ 348.300 / mês para atingir seus novos objetivos de receita vitalícios.

Viu? Eu disse que essa parte era fácil!

Para tornar as coisas ainda melhores, você pode usar esta calculadora para calcular seu orçamento geral de marketing digital ou pode escolher uma estratégia específica e usá-la para descobrir se uma determinada estratégia faz sentido ou não para o seu negócio.

Por exemplo, se você precisa de um CAC de $ 75, mas seu custo por clique médio no AdWords é de $ 25, o AdWords pode não ser o canal de marketing digital certo para você.

Agora, como você pode imaginar, essa abordagem não é uma estimativa perfeita do que será necessário para atingir suas metas de receita.

Esta calculadora é tão precisa quanto as informações que você pode fornecer.

Mas é muito melhor do que escolher o seu mensal aleatoriamente e esperar que o marketing digital produza os resultados de que você precisa.

 

Como o marketing digital é diferente no celular?

Como você provavelmente pode imaginar, o marketing digital no celular é muito diferente do marketing digital no desktop.

Hoje em dia, essas diferenças são particularmente importantes porque os smartphones são agora o principal dispositivo que as pessoas usam para interagir com a Internet.

Com 60% da atividade da Internet ocorrendo em dispositivos móveis, a mudança do desktop para o móvel teve um efeito profundo no marketing digital.

No ano passado, o Google Ads eliminou os anúncios da barra lateral em suas páginas de resultados para criar uma experiência consistente entre dispositivos móveis e computadores.

Os anúncios do Facebook ainda mostram anúncios da barra lateral no desktop, mas só mostram anúncios in-stream no celular.

Postagens de blog mais curtas superam postagens de blog mais longas no celular … e a lista de diferenças continua indefinidamente.

Para ser honesto, no mundo do marketing digital de hoje, é uma boa ideia presumir que as pessoas encontrarão seu marketing no celular e, em seguida, adaptarão sua estratégia para desktop conforme necessário.

Além de otimizar seus anúncios para celular, também é importante pensar em seu site e na experiência da página de destino.

Claro, seu site pode ficar lindo no desktop, mas se for impossível navegar no celular, você acabará alienando uma porcentagem significativa de seu tráfego da web.

No mínimo, você deve ter um site com capacidade de resposta móvel, mas, idealmente, sua experiência móvel deve ser projetada especificamente para facilitar uma experiência móvel sem esforço (não apenas uma versão adaptada de sua experiência de desktop).

Quer a maioria dos anunciantes perceba ou não, o marketing digital agora é principalmente uma experiência móvel.

A boa notícia é que, se você é relativamente novo no marketing digital, não precisa se preocupar em reinventar a roda.

Você pode começar criando anúncios para celular atraentes e depois adaptá-los conforme necessário para o desktop.

 

Conclusão

O marketing digital é o marketing do futuro.

Além de todos os benefícios que discutimos ao longo deste artigo, você pode acompanhar os resultados de seus esforços de marketing digital com incrível precisão, o que significa que é fácil ver quais estratégias estão produzindo resultados lucrativos e quais precisam de algum trabalho.

Aliás, se este artigo o convenceu de que você precisa de marketing digital (ou precisa melhorar seu jogo de marketing digital), mas você gostaria de ajuda para identificar a abordagem certa, diga-nos aqui ou nos comentários!

Adoramos ajudar as empresas a crescer com marketing digital. É O QUE FAZEMOS 😉

Eu perdi algo neste artigo? Tem outras perguntas sobre marketing digital? Deixe-me saber nos comentários!

Leia também – Marketing Digital: Tudo Que Você Precisa Saber

Deixe uma resposta