15 Dicas de Marketing Digital para Moda

Tempo de leitura estimado: 14 minutos

O mercado e a forma de consumo estão em constante mudança, a forma de fazer Marketing também precisa mudar e acompanhar as evoluções nos hábitos de consumo.

O consumidor hoje busca mais informações, e com curto prazo, estão sempre online, por isso é importante que as empresas saibam se posicionar de forma estratégica e inteligente no mercado e nas plataformas digitais.

Para empresas de moda a interação que o Marketing digital pode gerar é de extrema importância para a construção e sucesso de uma marca e também para criar presença online possibilitando sucesso da marca com e-commerce por exemplo.

Moda não se trata apenas de roupa, mas sim, de construção de identidade, beleza, estilo de vida, e todo tipo de consumo que venha de tendências.

 

COMO FUNCIONA O MARKETING DIGITAL PARA MODA

O consumidor de moda está sempre ligado em todas as tendências e novidades – que mudam rápido – e o seu desejo de consumo segue essa constante modificação e oferta.

Sabemos que a internet permite uma aproximação e descoberta em tempo real do que está se tornando tendência em diferentes lugares do mundo, além de facilitar a aceleração da venda de um produto e a possibilidade de ser adquirido de qualquer local.

As marcas com presença digital mais forte chegam na frente, elas entregam informação e desejo primeiro. O público de beleza e moda necessita dessa agilidade de informação.

Como o consumidor de beleza e moda é muito movido pelo desejo e por tendências, ter boas estratégias em Marketing Digital costuma entregar excelentes resultados.

Clientes de moda fidelizados a marcas, compram tanto nas lojas físicas, quanto no e-commerce porque eles já possuem uma identificação com a marca, sabem o que fica bem neles, sabem o tamanho ideal, o tipo de modelagem que funciona para seu corpo entre outras informações.

Hoje um dos maiores desafios de marcas de moda são: agregar valor ao produto e criar um bom relacionamento com cliente.

Com Marketing Digital é possível gerar conteúdo interessante, responder as dúvidas do seu público, gerar desejo e se tornar autoridade, ou seja, agregar valor à sua marca.

Ela deixa de ser apenas uma marca que vende roupas e passa ser uma marca que veste, ajuda e se relaciona com seu cliente.

 

CRIANDO UMA ESTRATÉGIA DE MARKETING DE MODA ONLINE.

As primeiras informações que você precisa ter bem definidas para começar a pensar em uma estratégia são:

  • Seu plano de negócios – O foco da sua empresa; quanto de investimento você tem; quanto você pode disponibilizar para Marketing; seu objetivo de negócios; seu objetivo de Marketing.
  • Seu público bem definido – quem são; idade; o que gostam de fazer entre outras informações.
  • Conhecer bem o seu produto.

 

DEFINIR PERSONAS:

Personas são como personagens que representam o seu público ideal, elas são importantes para criar estratégias, conteúdo e anúncios.

As suas personas podem ser definidas com base nas informações de pessoas que já são seus clientes, caso ainda não tenha clientes, pesquisa de mercado é uma boa solução para a questão.

A persona define características muito mais especificas do que ‘público-alvo’ porque ela realmente cria um perfil de uma pessoa. Seu nome, idade, com o que trabalha, cargo, para onde sair entre outras informações.

 

DEFINIR OBJETIVOS:

Para ter uma boa estratégia de Marketing o objetivo da sua marca precisa estar bem definido. Além disso, precisam ser objetivos reais, mesuráveis e alcançáveis.

Por exemplo: aumentar o número total de vendas em X período de tempo, aumentar a receita, se tornar referência, reduzir custo de aquisição de clientes, entre outros.


DEFINIR OS CANAIS QUE A MARCA ESTARÁ PRESENTE:

A presença digital da sua marca precisa estar onde o seu público ideal está.

As redes sociais hoje são acessadas diariamente por todo tipo de público e faixa etária, além disso elas são base para tirar dúvidas e ter ideias, as marcas mais presentes nas redes sociais conseguem estabelecer mais confiança e parceria entre empresa e cliente.

A presença digital também é capaz de gerar desejo, autoridade e valor. A marca consegue entregar mais do que um produto palpável, consegue entregar informação e inspiração.

Para empresas de moda, redes sociais como Facebook e Instagram são interessantes, assim como ter um blog com informações e dicas além do e-commerce.

8 fatores essenciais para a construção de um plano de marketing digital para moda

– Site

O site do seu comércio varejista não precisa ser apenas um e-commerce. Claro que ele é fundamental, mas seu site tem de agir como uma porta de entrada e prender a atenção dos visitantes. Em questões de segundos eles têm de conseguir entender qual é o estilo e a proposta que a sua marca está defendendo. Por isso, os sites de moda têm de ser ainda mais visuais do que os de outros setores – mesmo que isso interfira levemente na velocidade de carregamento da página.

Outro fator importante para construir um site bom em termos de marketing digital para moda é deixar todas as páginas que não forem diretamente ligadas ao e-commerce repletas de Calls-to-Action. E as CTAs podem levar para áreas que não estão especificadas no menu. Você pode criar um atalho, por exemplo, para todos os itens da cor mais usada no verão ou para uma sessão só de padronagens.

Em relação à montagem do seu e-commerce, pense em responder as questões importantes para os seus consumidores em um momento de compra. Qual é o tamanho da manga de determinado produto, o da cintura, o material usado na fabricação, as cores disponíveis, os tamanhos, itens semelhantes. É interessante que isso esteja de forma mais ilustrada e sucinta possível. Uma solução interessante é a utilização de pequenos infográficos mostrando as medidas em um homem/mulher. Sim, a predominância de imagens vai ser recorrente neste post!

Além disso, garanta que as informações sobre as lojas físicas (se houver) estarão sempre atualizadas e de fácil acesso no site.

– Blog

O blog da sua empresa é o espaço perfeito para reforçar ainda mais o estilo de vida que é o core da sua marca e produtos. Se a sua loja é especializada em roupas de praia, você pode produzir conteúdo sobre os melhores balneários do país e do mundo, cuidados para manter biquínis e cangas em bom estado por mais tempo, combinações estilosas mesmo com os pés na areia ou as tendências de acessórios para festas à beira-mar. De acordo com o Google, 50% das pessoas que buscam sobre artigos de moda na internet estão em busca de inspiração de como usá-los.

Esse, no entanto, não é um espaço para fazer propaganda simples e pura do seus produtos. Aqui você deve gerar conteúdo valioso, atrativo e que irá encantar seus consumidores. É o espaço para criar desejo pelos seus produtos e colocá-los em situações de vontade para seus visitantes.

Os textos podem ser mais curtos, em torno de 500 a 700 palavras, e com grande uso de recursos visuais. Fotos de celebridades, digital influencers, funcionários e clientes são ótimas pedidas. Mas lembre-se de que devem ser impecáveis e refletir o mesmo estilo da marca. Nada de luz amarela em fotos dentro do provador.

– Parcerias em divulgação

Assim como outros setores, suas redes sociais e listas de e-mail são ótimos canais de divulgação. Mas o marketing digital para moda permite muito mais ações de divulgação.

Esse é um setor repleto de blogueiras famosas e digital influencers, que são ainda mais importantes para o seu público do que atores globais e as cantoras que não saem das listas de mais ouvidas. Para se ter uma ideia do poder desses profissionais, uma marca de calçados escolheu a blogueira nº 1 do Brasil, Camila Coutinho, para divulgar uma nova linha de tênis que seria lançada. Em menos de 48 horas todo o estoque do sapato que foi postado em uma foto no Instagram dela esgotou nas lojas.

Leitura adicional:  Identidade de marca como criar uma memorável em 2020

Passe um tempo pesquisando seu público e de quem ele consome informações e tendências. As parcerias nesse sentido muitas vezes são muito mais baratas do que uma publicidade de página inteira em uma revista de referência – e o resultado é muito mais efetivo.

No entanto, se a sua capacidade de investimento não é tão elevada assim também é possível encontrar influenciadoras de públicos mais restritos, mas que também têm uma presença digital interessante e de acordo com a sua marca. Pense de maneira mais regional, neste caso.

Outra possibilidade é buscar conquistar guest posts em revistas e blogs que falem diretamente com seu público. Um artigo escrito pela gerente de produção ou pela estilista da sua empresa sobre tendências para a próxima estação traz um alcance diferente do que você tem diariamente e pode trazer frutos interessantes.

– Marketplace

Agência Planejador Web possui mais de 30 profissionais de marketing, está há 9 anos no mercado atendendo mais de 5 mil empresas. Montamos equipe de 3 a 7 profiisionais para executar mensalmente o marketing digital da sua empresa. agência de mídias sociais e anunciar no Google a partir de R$590/mês, Criação de sites a partir de R$990. Confira agora nossos Planos e preços clicando aqui.

Outro local para divulgar a sua marca, mas aí com um intuito mais voltado para fundo de funil, é através dos marketplaces. Esses sites funcionam como plataformas de vendas que reúnem diversas marcas e possuem alto volume de visitantes. Alguns permitem que as pessoas comprem seus produtos diretamente no marketplace e outros agem mais como vitrine mesmo e direcionam os cliques para o seu site.

No mercado de moda o Vitrina, Shop2Gether, Dafiti, Zattini, Farfetch e LingerieBR são alguns dos mais famosos utilizados no Brasil.

– Geração de leads

A geração de leads é uma das bases do inbound marketing e no marketing digital para moda não poderia ser diferente. Mas aqui há uma facilidade: no momento de cadastro para a compra de um produto você já conquista o endereço de e-mail e outras informações relevantes dos seus leads, que mais tarde podem ser utilizadas para segmentá-los em linhas de nutrição de campanhas de e-mail.

Outras “iscas” interessantes são a possibilidade de ganhar um cupom de desconto ao fazer um cadastro rápido, informações de cadastros feitos em lojas físicas e assinatura de newsletter do blog. Você também pode produzir conteúdos ricos, como e-books, infográficos e vídeos e disponibilizá-los atrás de uma landing page. Alguns exemplos de conteúdo são: editoriais de moda, dicas de como combinar um acessório específico que está em alta na temporada, como comprar a calça jeans ou sutiã perfeito para o seu estilo de corpo e entrevistas com blogueiros ou modelos.

– Redes sociais

Depois do seu site, as redes sociais são seu canal de comunicação mais importante com seu público. Por meio do Facebook, Instagram, Snapchat, Pinterest e YouTube você pode ter uma interação mais direta, engajar seu público, divulgar seus produtos e ainda melhorar o branding da sua empresa.

As dicas aqui são entender como cada rede funciona e quais se adequam mais à proposta da sua empresa e do seu público. O Instagram, por exemplo, é interessante para mostrar novos produtos, colocá-los em diferentes looks, divulgar sua marca com o uso de hashtags (#) e até vender. Aplicativos como o Iluria, Shopgram e Love2Buy permitem que as pessoas comprem produtos diretamente do Instagram.

Mas aqui, assim como no seu site, as imagens têm de ser o ponto alto. Elas precisam ser bem tratadas. Aliás, as mais conceituais têm ganhado um espaço interessante ultimamente.

– E-mail marketing

As campanhas de e-mail são importantíssimas em um marketing digital para moda por quatro razões principais:

1 – Divulgação de novos produtos: através de fluxos de segmentação você pode fazer campanhas de e-mail marketing com peças e produtos que estão de acordo com as preferências de compra já mostradas por aquele consumidor. Por se tratar de uma realidade mais efêmera, as linhas de automação devem ser atualizadas a cada nova coleção.

2 – Relacionamento/engajamento: parabenizar o cliente com um e-mail personalizado (e quem sabe um cupom de desconto especial?), enviar conteúdo relevante e interessante para ele, mostrar informações sobre a nova coleção antes de ela ser lançada são questões importantes para criar engajamento com seus consumidores e leads.

3 – Nutrição de leads: alguns leads se cadastram no seu site mas não concluem uma compra em um primeiro momento. Uma campanha de e-mail marketing pode “lembrá-lo” de produtos deixados no carrinho de compra, oferecer frete grátis para incentivar a compra ou mostrar formas interessantes de utilizar aquele produto que se está sendo cogitado. O importante aqui é criar desejo no consumidor e um senso de urgência para que a compra se concretize logo.

4 – Informar sobre promoções especiais/novidades: descontos de aniversário da loja, uma nova parceira, abertura de uma nova loja física e o BlackFriday, entre outras datas, são importantes de serem informadas aos seus clientes.

– Mídia paga

Muito do mercado da moda é impulsionado por uma compra por impulso, um desejo momentâneo. Por isso é essencial estar presente quando isso é buscado na internet. Além de campanhas de links patrocinados nas redes sociais como Facebook e Instagram, investir em Google Adwords é uma boa pedida.

A ferramenta de mídia paga do Google oferece algumas possibilidades de campanhas, mas para o setor de moda a rede de display, Google Shopping e rede de pesquisa são as mais interessantes.

O Google Shopping permite que seus produtos apareçam em uma vitrine de opções acima dos resultados orgânicos de busca quando um usuário digitar uma procura mais de fundo de funil como “comprar tênis feminino” “promoção de tênis” etc. Por isso, pelo menos metade do seu orçamento de mídia paga deveria estar direcionado para essa possibilidade.

A rede de display são banners espalhados em milhares de blogs e sites filiados ao Google. Eles são uma ferramenta interessante para chamar atenção do seu público e trabalhar o branding da sua empresa. Já as redes de pesquisa são aqueles três ou quatro resultados que aparecem logo acima dos resultados orgânicos.

Aproveite a capacidade de monitoramento das internet e promova melhorias constantes no seu site e nas suas estratégias de marketing digital!

DEFININDO ESTRATÉGIAS DE CONTEÚDO E CAPTAÇÃO DE LEADS:

Após esse processo de conhecimento e definições da marca, passamos para estruturação das fases dessa estratégia para alcançar o objetivo e gerar resultados positivos usando os recursos abaixo:

  • Criar conteúdo interessante para atrair visitantes ao seu blog e suas redes sociais – Temas, títulos, SEO.
  • Criar conteúdo rico que possa ajudar o seu público a resolver problemas e captar Leads – e-books, guias (guias de tendência).
  • Utilizar as redes sociais para compartilhar conteúdo e gerar engajamento com o público.
  • Criar desejo através de ofertas e um bom visual de e-commerce.
  • Criar estratégias de e-mail para fidelização, como por exemplo, mensagens de aniversário, ofertas exclusivas, informações de lançamentos, convites de lançamentos, guias de moda, dicas de uso de produto, dicas de lavagem, como combinar.

 

QUAL LINGUAGEM O SEU PÚBLICO FALA?

Para trabalhar com Marketing digital não adianta apenas criar uma estratégia, é preciso ter atenção em todas as particularidades que podem fazer essa estratégia ter sucesso ou não.

A linguagem com a qual sua marca fala com seu público é essencial para que ele se sinta confortável e atraído, caso contrário suas publicações não irão gerar interesse.

Quando você define a persona da sua marca e inicia um processo de desenvolvimento de conteúdo é importante observar como as pessoas que você quer atingir se comunicam, isso quer dizer, a forma com que falam, gírias, assuntos e outros.

A IMPORTÂNCIA DE UM E-COMMERCE BEM ESTRUTURADO E SITES RESPONSIVOS.

O seu e-commerce precisa atrair e interessar o seu público. Marcas com um sites que apresentam bem suas identidades e que levam a sério a experiencia do usuário costumam ter taxas de conversão maiores.

Seu site precisa ser responsivo – Que se adapte a qualquer tamanho de tela, como celulares e tablets – pois o número de acessos mobile segue crescendo, mesmo que alguns usuário não efetuem compras de fato nas opções mobile, o consumidor faz visitas e pesquisas através de dispositivos móveis.

O e-commerce também pode ser um excelente apoio a loja física, por mais que o cliente não compre efetivamente na loja virtual ele pode se manter atualizado, receber informativos e fazer buscas nas suas lojas preferidas para se direcionar direto a loja sabendo o que ele quer ver e comprar.

Leitura adicional:  Reconhecimento de marca O que é Tipos Como fazer

LEADS SÃO IMPORTANTES!

Um Lead é um potencial cliente, alguém que demonstrou interesse em seu produto, conteúdo ou marca, e converteu em seu site através de alguma oferta de conteúdo, cupom ou newsletter, informando seus dados.

Um Lead pode ser gerado, por exemplo, no momento que uma pessoa entra no seu site, navega, seleciona produtos, mas não necessariamente efetua uma compra.

Essa pessoa pode converter informações em um primeiro acesso através de ofertas como conteúdo de moda, cadastros em informativos ou cupom de desconto entre outros meios, mesmo sem de fato comprar.

Pare e pense, quantas vezes você já preencheu algum formulário, por mais simples que fosse, em troca de algum benefício como “frete grátis” ou “10% de desconto na primeira compra”?

Gerar Leads é importante tanto para conquistar novos clientes, quanto para o pós-venda.

A nutrição de Leads pode ser feita durante a jornada de compra de um cliente que converteu informações no seu site, demonstrou interesse, mas não finalizou uma compra.

É possível orientar esse potencial cliente com envios de dicas de como usar as peças que ele se interessou, quais outras podem ser combinadas, cupom para primeira compra, entre outros meios de nutrição.

Nutrir um Lead significa criar uma relação para ajudar um potencial cliente e guia-lo na sua  jornada de compra.

Todo cliente passa por etapas em sua jornada de compra. Uma boa nutrição de Leads para moda se trata de guiá-lo em sua jornada de compra, orientando, oferecendo mais informações e criando uma relação de ajuda para tirar dúvidas e orientar em suas escolhas, ou seja, guiar essa pessoa pelo funil de vendas.

 

COMO USAR O EMAIL PARA NUTRIR LEADS

A nutrição de Leads consiste em orientar um potencial cliente – ou até mesmo um Lead que já é cliente.

É possível fazer essa nutrição de diferentes maneiras, uma delas é através de e-mails com dicas de como usar as peças que determinado Lead se interessou, quais outras podem ser combinadas, guias de estilo, curiosidades sobre as peças que ele pesquisou anteriormente, convites especiais ou até mesmo descontos.

É importante que todo contato e nutrição de um Lead seja feito no momento certo e com conteúdo correto para cada Lead, dessa forma as possibilidades de que ele se torne um cliente são muito maiores, assim como as chances de um Lead que já efetuou uma compra comprar novamente.

DESENVOLVENDO PRESENÇA EM REDES SOCIAIS

Já falamos da importância do uso de redes sociais alinhado a uma boa estratégia de Marketing Digital. É hora de entender como criar a presença da sua marca nas redes sociais.

Redes sociais são mecanismos primordiais para uma marca ser vista hoje. Através delas marcas de moda podem alcançar bons resultados em posicionamento de mercado, gerar interesse e vendas.

Você vai entender melhor:

  • Qual a melhor rede social para Marketing de moda.
  • Como ter um bom Feed.
  • Criando conceito.
  • Fotografia e cores.

 

QUAL A MELHOR REDE SOCIAL PARA SUA MARCA?

Após saber qual perfil de cliente ideal sua empresa quer atingir e traçar uma estratégia de Marketing digital é preciso pesquisar onde essas pessoas estão na internet.

Você já sabe a faixa etária e estilo do seu público em geral, no entanto, se você leu este artigo desde o começo, você já sabe a importância de definir personas.

Algumas informações que você deve ter:

  • Qual a idade dessa persona?
  • Ela trabalha? Quais suas profissões?
  • Que lugares frequenta?
  • Que mídias consome.

Sabendo informações mais específicas é possível entender em quais redes sociais as pessoas que sua marca pretende atingir estão.

 

A IMPORTÂNCIA DE TER UM BOM FEED.

A presença de uma marca em redes sociais não tem o intuito apenas de apresentar produtos, lançamentos ou promoções, é preciso se relacionar com seu público e principalmente mostrar o estilo de vida que a marca representa.

O que o seu cliente almeja ter e ser? A sua marca tem foco em produtos para serem usados no trabalho, na praia, ou talvez para esportes. Que tipo e imagens podem representa-la?

Por exemplo:

Imagine que sua marca produz roupas e acessórios com inspiração em uma moda mais praiana e leve, para mulheres e homens.

Que tipo de Feed sua marca teria? Você limitaria suas redes sociais a uma vitrine de produtos?

Vamos olhar um pouco mais a frente, coloque seu cliente ideal em primeiro lugar, se pergunte que tipo de estilo de vida ele tem? O que o inspira no seu dia a dia, que lugar ele gostaria de estar agora!? O que faz com que o dia dele seja diferente e especial?

Agora responda novamente, que tipo de Feed sua marca teria?

Reflita um pouco, seu Feed pode ser uma ferramenta poderosa para criar engajamento com seu cliente ideal.

 

CRIANDO UM FEED. CRIANDO CONCEITO.

Agora que você e sua equipe já sabem o quanto é importante uma boa presença da sua marca nas redes sociais, e que elas também são importantes dentro da sua estratégia de Marketing Digital chega o momento de criar uma boa imagem nessas redes sociais.

No exemplo que citamos no item acima, temos uma marca de moda unissex com inspiração em praia e roupas leves, imagina-se que o site e a identidade visual dessa marca siga o mesmo princípio, nesse caso teríamos cores leves e presentes em um cenário de praia, um azul céu, tons de verde e azul do mar, tons pastel como areia, e nuances de laranja, azul e violeta presentes no pôr do sol.

Toda imagem da marca deve remeter a esse estilo de vida, a esse ambiente. Seu Feed deve levar quem o acessa a querer estar dentro dele, gerando assim um desejo não só de consumo de produto como de todo conceito que a sua marca representa.

Veja este exemplo da Redley:

Marketing Digital para Moda
FOTOGRAFIA E CORES

Para transmitir o conceito da sua marca, tanto em oferta de produtos, como em imagens inspiracionais, a fotografia do seu site e redes sociais deve ter qualidade.

Uma boa fotografia muda completamente a percepção visual de um produto ou local.

Fotos com qualidade e feitas especialmente para redes sociais são de extrema importância, e mesmo quando sua marca for publicar uma foto mais informal ou do dia a dia é importante tentar seguir um padrão de qualidade e estrutura para não destoar das outras imagens.

Como já sabemos da importância do seu Feed seguir o conceito da sua marca e identidade do seu site e blog, sabemos também que é preciso definir as nuances de cores das suas redes sociais.

Quais as cores predominantes do seu site? Que tipo de nuance de cor representa melhor sua marca ou coleção? Que fundo de foto tem a ver com o estilo de vida que você quer transmitir? Quais as cores que predominam nos lugares onde seu público gostaria de estar?

Veja como a Richards se preocupa com fotos e cores:

Marketing Digital para ModaConclusão:

O Marketing digital hoje é fundamental para uma marca de moda se relacionar com seu cliente, se tornar autoridade e referência em termos de inspiração.

As marcas com e-commerce bem estruturado, e que transmitem o seu estilo, tanto no tipo de roupa, quanto no estilo de vida que essa marca quer representar, se conectam mais facilmente com seu público ideal.

Além de se tornar uma referência de inspiração, tanto para quem quer se vestir melhor, quanto para o próprio público que consomem a marca, mas precisa de ajuda em suas escolhas.

Para o universo da moda – roupas, maquiagem, estilo de vida – ou seja, tudo que tem a ver com tendências, a imagem da marca em uma rede social é de extrema importância para que o seu público ideal se sinta atraído e isso aumente os resultados com Marketing Digital.

Uma rede social bem estruturada que converse com seu público e cliente aumenta suas chances de criar um bom relacionamento com seu Target, aumentar número de visitas orgânicas, interação e satisfação, além de auxiliar suas estratégias de captação de Leads e acesso ao seu e-commerce.

Compartilhe com alguém ou em suas redes sociais

1 comentário em “15 Dicas de Marketing Digital para Moda”

Comentários encerrados.