Espero que você goste desse artigo. Se você quer que nosso time faça o seu marketing, clique aqui.

Consulta de CNPJ: passo a passo + 5 formas de fazer

Tempo de leitura estimado: 4 minutos

Última atualização em 17/05/2022

Se você possui um negócio, realizar a consulta de CNPJ é fundamental para descobrir como está a situação da empresa.

No momento em que o CNPJ apresenta problemas legais, os proprietários não têm a permissão para realizar suas atividades profissionais. Desta forma, é essencial que qualquer organização esteja a par da sobre a regularização da empresa

Com isso, é possível ver se a empresa está ativa ou inativa, o que também inclui pendências financeiras. Neste artigo, vamos mostrar 5 formas de como você pode consultar o seu CNPJ. Boa leitura!

O que é CNPJ?

Consulta de CNPJ: passo a passo + 5 formas de fazer

O registro brasileiro de pessoas jurídicas é chamado Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas. A sigla CNPJ é frequentemente usada para este registro, bem como para os números de identificação atribuídos às empresas brasileiras e suas filiais pela Secretaria da Receita Federal e armazenados neste registro centralizado. 

O CNPJ é composto por 14 dígitos decimais e geralmente é impresso ou exibido em formato amigável NN.NNN.NNN/BBBB-CC, onde N-dígitos são definidos pelo órgão emissor deste número, B denota a filial da empresa e o valor mais comum é 0001 significando o escritório principal da empresa, e C’s são dois dígitos de verificação calculados por algum algoritmo simples.

Atualmente o Ministério da Fazenda brasileiro promove a interação eletrônica com os contribuintes para evitar a necessidade de visitas pessoais aos seus escritórios. Para tanto, é introduzido o e-CNPJ. Este certificado digital de identificação de documentos eletrônicos enviados pelas empresas ao órgão fiscal está disponível em duas formas: A1 e A3. O tipo A1 é mais barato (aprox. R$ 229) e válido apenas por 1 ano. A3 é 2-4 vezes mais caro, mas pode ser usado por 3 anos. O e-CNPJ A3 é mais seguro, pois contém aplicação criptográfica no smart-card ou token. A1 e-CNPJ são apenas arquivos de computador.

Leia também: Ramo de atividade: O que é? Como definir

Por que fazer a consulta de CNPJ?

Suponhamos que a sua empresa concluindo uma importante negociação com outro empreendimento. Através da consulta de CNPJ, será possível entender qual a situação atual da empresa que você está negociando, ou seja, se ativa ou inativa. Neste caso, trata-se de um procedimento de segurança!

A consulta visa facilitar a verificação de possíveis protestos e outras pendências que constam no seu número de registro.

Certamente, é preferível que você avalie a reputação do negociante ou possível parceiro comercial antes de fechar um acordo, correto? Com a consulta de CNPJ, você reduz o risco de fraudes e golpes.

Com a abertura do CNPJ, empresa passa será inscrita na Junta Comercial e no INSS, além de receber um Alvará Provisório de Funcionamento.

Em partes, ter um CNPJ visa permitir que as empresas efetuem todos os processos legais necessários para o seu funcionamento. Dentre eles:

  • emissão de notas fiscais;
  • participação de licitações públicas;
  • abertura de contas bancárias;
  • contratação de empréstimos em bancos públicos e/ou privados;
  • registrar seus funcionários;
  • pagar seus tributos.

Você também vai se deparar com diferentes serviços gratuitos na internet que afirmam possibilitar a consulta de CNPJ. No entanto, muitas informações valiosas podem não aparecer na pesquisa justamente por conta da gratuidade.

Relacionado:  O que é backoffice e qual a sua importância

A seguir, você vai saber como fazer uma consulta de CNPJ eficiente e segura.

Leia também: Razão Social: O que é? Como definir uma para sua empresa

Como fazer a consulta de CNPJ?

Consulta de CNPJ: passo a passo + 5 formas de fazer

Aqui fizemos a seleção das principais formas de como fazer a consulta de CNPJ. Veja o passo a passo para cada um deles a seguir:

1. Consulta de CNPJ na Receita Federal

Por ser um serviço gratuito, o site da Receita Federal permite que você digite o  número do CNPJ desejado no campo indicado. O comprovante de inscrição e a situação cadastral da empresa serão apresentados na tela.

O comprovante tem como responsabilidade atestar se o empreendimento pesquisado realmente existe. No caso da situação cadastral, serão apresentadas as seguintes informações: ativo, inativo, baixado ou cancelado.

Atenção: situação inativa, baixada ou cancelada pode levantar suspeitas quanto às atividades da empresa.

No mais, quando você realiza uma busca, consegue obter informações como:

  • nome e endereço da empresa;
  • data de abertura;
  • atividades econômicas;
  • natureza jurídica;
  • situação cadastral junto à Receita Federal.

2. Consulta de CNPJ no Portal do Empreendedor

Utilizado como uma das principais plataformas de apoio aos empreendedores e micro empresas, o Portal do Empreendedor oferece serviços como emissão de notas.

Se você deseja fazer a consulta de CNPJ de um MEI, esse site é canal de acesso ideal e a pesquisa pode ser feita de forma gratuita.

É importante dizer que microempreendedor individual tem o seu CPF atrelado ao CNPJ. Assim, a consulta também vai destacar essa informação.

3. Pesquisa por meio do site do Cartório de Protestos BR

A consulta de CNPJ também pode ser feita por meio do IEPTB (Instituto de Estudos de Protesto de Títulos do Brasil).

É possível resgatar o histórico de cinco anos do CNPJ e/ou CPF pesquisado. Trata-se de um serviço gratuito, ajudando você a  entender quais são os aspectos judiciais que envolvem o seu potencial parceiro comercial com detalhes.

4. Pelo aplicativo “CNPJ”

A Receita Federal criou um aplicativo para quem deseja consultar o CNPJ de uma empresa. Está disponível tanto para iOS quanto para Android.

O app CNPJ permite que você faça consulta da situação cadastral de empresas e  realize o acompanhamento das próprias solicitações. Para quem quer fazer uma consulta rápida, é uma boa ferramenta. O app é gratuito e seguro para o uso.

5. Pesquisas pagas

Por fim, outro meio de realizar a consulta de CNPJ é por meio de empresas especializadas. É o caso da Serasa Experian, que oferece uma lista ampla de dados::

  • ações judiciais.
  • cheques devolvidos;
  • dívidas;
  • eventuais débitos;
  • falências declaradas;
  • protestos;
  • Score do Serasa;
  • situação cadastral.

Os dados mencionados podem ser de grande utilidade para o profissional que vai fazer uma consulta de CNPJ.

Então, fique alerta! Antes de fechar uma grande venda ou parceria, é fundamental buscar informações que atestem a credibilidade da empresa.

Avalie este artigo post

Deixe uma resposta

error: Conteúdo protegido